Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/81860
Author(s): Simas, Patrícia
Marinho, Ana Raquel
Dias, Tiago
Contributor(s): Graça, Pedro
Title: Cessação tabágica e ganho ponderal: linhas de orientação
Issue Date: 2015
Abstract: Smoking is the first cause of preventable disease, disability and premature death in developedcountries and is associated with six of the eight leading causes of death worldwide. In 2010,tobacco use was responsible in Portugal for the deaths of about 11 000 persons, smokers orformer smokers, caused by respiratory diseases, cancer or cardiovascular diseases. Individualswho cease smoking before age 50 have half the risk of dying in the next 15 years. Quittingsmoking reduces the risk of developing cardiovascular and respiratory diseases, as well asnumerous types of cancer.Along the smoking cessation process, the success of which passes through the monitoring of amultidisciplinary team, the desire to eat and drink especially foods rich in energy is frequent, aswell as weight gain. The latter is often quoted as the main reason for the reluctance to quitsmoking and relapse after cessation, especially in smokers who have concerns about your weight. However, it is now widely accepted that the benefits of cessation of tobacco useoutweigh any risk that it may present.To promote an adequate dietary intake during smoking cessation, we present severalrecommendations, based on the latest scientific evidence, facilitating adherence andcontinuation of the process and reducing the risk of increased body weight.
Description: Fumar é a primeira causa evitável de doença, incapacidade e morte prematura nos países desenvolvidos, estando associada a seis das oito primeiras causas de morte a nível mundial. Em2010, o consumo de tabaco foi responsável, em Portugal, pela morte de cerca de 11 000 pessoas fumadoras ou ex-fumadoras, causadas por doenças respiratórias, cancro ou doenças doaparelho cardiovascular. Os indivíduos que cessam os hábitos tabágicos antes dos 50 anos têm metade do risco de morrer nos 15 anos seguintes. Deixar de fumar diminui o risco de desenvolver doenças cardiovasculares e doenças respiratórias, bem como inúmeros tipos de cancro.Ao longo do processo da cessação tabágica, cujo sucesso passa pelo acompanhamento de uma equipa multidisciplinar, a vontade de comer e de ingerir alimentos particularmente ricos em energia é frequente, bem como o aumento de peso. Este último é citado frequentemente como o principal motivo para a relutância em parar de fumar e recaída depois da cessação,especialmente nos fumadores que apresentam preocupações com o seu peso. Contudo, é hoje consensual que os benefícios da cessação do consumo de tabaco superam eventuais riscos que esta possa apresentar.De forma a promover um consumo alimentar adequado durante a cessação tabágica, fazem-se diversas recomendações, baseadas na evidência científica mais recente, facilitando a adesão terapêutica e a continuação do processo e reduzindo o risco do aumento de peso corporal.
Subject: Ciências da Saúde, Ciências médicas e da saúde
Health sciences, Medical and Health sciences
Scientific areas: Ciências médicas e da saúde
Medical and Health sciences
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/81860
Document Type: Publicação Didática
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FCNAUP - Publicação Didática

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
45050.pdf1.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons