Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/68852
Author(s): Rodrigues, Marcos Filipe de Aguiar
Title: Estimativa do peso de referência em adultos na prática clínica
Issue Date: 2012
Abstract: Resumo da tese: Introdução: O estabelecimento de valores de peso de referência (PR) surgiu da procura pelo peso ideal associado a menor mortalidade, através da publicação de tabelas estatura-peso. Atualmente esta associação é estudada através do Índice de Massa Corporal (IMC), mas o PR permanece como uma estimativa usada na interpretação do peso corporal. Objetivo: Analisar o comportamento da estimativa do PR numa amostra de indivíduos acompanhados na consulta de nutrição em regime de ambulatório, atendendo às variáveis estatura, sexo e idade, comparando com a abordagem baseada no IMC. Metodologia: Estudo observacional transversal. A amostra totalizou-se 360 pacientes. Foram recolhidos dados sobre peso, estatura, género e idade. Foi selecionada uma fórmula de cálculo do PR e avaliada a sua estimativa na amostra em comparação com o IMC. Resultados: A estimativa do PR segundo a fórmula testada apontou para valores que se enquadram dentro do intervalo de peso normal segundo os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, em média, superiores a 22,0kg/m2. Verificou-se também que o PR aumenta com a estatura e com a idade até aos 45 anos, em ambos os sexos. Conclusão: Os resultados confirmam que o PR apresenta limitações importantes, além da sua fundamentação, na sua capacidade de estimar um peso adequado, sobretudo para os indivíduos mais velhos e mais altos. Deve preferir-se o uso do IMC para a avaliação e classificação do peso corporal pois representa o atual conceito de peso saudável e recomendado.Thesis abstract: Introduction: Weight standards developed with the quest for the ideal body weight (IBW) associated with the lowest mortality, through the publication of height-weight tables. Today this association is studied using Body Mass Index (BMI), but weight standards remain as estimation used in body weight evaluation. Objective: The aim of this study was to analyse the behaviour of the IBW estimation in a group of nutrition outpatients, regarding variables such as height, sex and age, comparing it with the estimation based on BMI. Methods: Cross-sectional descriptive study. The sample consisted of 360 patients. Data on weight, height, age and sex was obtained. An IBW formula was selected for this study and its estimation on the sample was evaluated in comparison with the BMI. Results: The ideal body weight estimation fit in the normal weight range of BMI defined by the World Health Organization (WHO), the values were statistically higher than 22.0 kg/m2, and statistically different between men and women. The IBM estimate increases with height and with age, until the 45 years-old mark, in both sexes. Conclusion: The results confirm that the evaluated IBW formula, based on height-weight tables, presents important limitations, besides its argumentation, on its capacity to estimate an adequate body weight, especially in older and taller people. BMI should be preferred when assessing and classifying body weight and it represents the present concept of desirable and healthy weight.
Description: Trabalho complementar (Trabalho de Investigação) realizado no âmbito da Unidade Curricular Estágio da Licenciatura em Ciências da Nutrição da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, sob orientação de Dra. Isabel Dias (Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/ Espinho)
Subject: Ciências da Saúde, Ciências médicas e da saúde
Health sciences, Medical and Health sciences
Scientific areas: Ciências médicas e da saúde
Medical and Health sciences
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/68852
Document Type: Trabalho Académico
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FCNAUP - Trabalho Académico

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
39763.pdf209.49 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons