Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/54495
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPeres, Emíliopt_PT
dc.contributor.advisorAzeredo, Zaidapt_PT
dc.creatorMateus, Maria Palmapt_PT
dc.date.accessioned2011-04-21T11:06:33Zpt_PT
dc.date.accessioned2013-07-30T13:54:29Z-
dc.date.available2011-04-21T11:06:33Zpt_PT
dc.date.available2013-07-30T13:54:29Z-
dc.date.issued1991pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10216/54495pt_PT
dc.descriptionContém um relatório de estágio realizado no Centro de Saúde da Carvalhosa, Porto, no âmbito da licenciatura em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do PortoContém um relatório de estágio realizado no Centro de Saúde da Carvalhosa, no âmbito da licenciatura em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Portopt_PT
dc.descriptionTese de licenciatura em Ciências da Nutrição apresentada à Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Portopt_PT
dc.description.abstractResumo da tese: A adolescência é um período de transição entre a infância e a idade adulta, durante o qual se dá a maturação sexual de que resulta uma aceleração de crescimento estatural e ponderal, e desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários que conduzem à maturação somática. Estas transformações de carácter biológico acompanham-se de profundas alterações psicológicas, culminando na maturação psicossocial(1). A grande velocidade de crescimento e as exigências da maior actividade física que caracterizam este período, condicionam o aumento das necessidades nutrícionais, tornando estas idades particularmente vulneráveis a carências, excessos e desequilíbrios alimentares que importa prevenir, pois podem perturbar o seu normal desenvolvimento (2,3,4). Este é também, um período de contestação dos valores tradicionais e desejo de experiências novas, que podem traduzir-se no comportamento alimentar, pela prática de alguns erros alimentares, susceptíveis de influir sobre a saúde do indivíduo o resto da vida (1,5,6, e 7). São exemplo, a preferência por refeições tipo "snack"; o consumo de alcoól; consumo excessivo de açúcares de absorção rápida; horário irregular de refeições e/ou omissão de refeições(2,7). A adolescência, revela-se assim, como um período propício à intervenção e alteração de comportamentos alimentares incorrectos, sendo por isso, um grupo de estudo importante. O presente estudo encontra-se inserido num projecto maior no âmbito da Alimentação e Nutrição Humana, do qual fazem parte mais sete nutricionistas - estagiários.pt_PT
dc.format2 vols.(tese+relatório)pt_PT
dc.format.extent30 cmpt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherPorto : edição de autorpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.source.urihttp://catalogo.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000067352pt_PT
dc.subjectUniversidade do Porto, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação, Licenciatura em Ciências da Nutrição--Dissertaçõespt_PT
dc.subjectCiências da Nutrição--Tese de licenciaturapt_PT
dc.subjectÁreas de estágio--Nutrição Clínica--Relatório de estágiopt_PT
dc.subjectNutrição do Adolescentept_PT
dc.subjectAvaliação Nutricionalpt_PT
dc.titlePerfil alimentar de uma população estudantil urbana do Ciclo Preparatóriopt_PT
dc.typeTrabalho Académicopt_PT
Appears in Collections:FCNAUP - Trabalho Académico

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
67352_91-31T_TL_01_P.pdf6.53 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
67352_91-31T_TL_01_CNova.pdf22.73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.