Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/123831
Author(s): Inês Alexandra Correia de Sousa
Title: Gestão escolar e cidadania criativa: a participação discente na direção de um agrupamento de escolas
Issue Date: 2019-11-14
Description: O estágio decorreu o âmbito do Mestrado em Ciências da Educação, no domíniode Administração, Gestão e Implementação de Lideranças, e desenvolveu-se nadirecção de um agrupamento de escolas público, em permanente diálogo e colaboraçãocom os/as alunos/as, com o objetivo de desenvolver diferentes espaços e tempos paraestes debaterem, problematizarem e solucionarem questões da escola, de forma a serpossível influenciarem e participarem efetivamente nas decisões tomadas.Considerou-se, por um lado, o enquadramento político-educativo que temdesafiado as escolas a desenvolver a sua autonomia e flexibilidade curricular (Decreto-Lei n.º55/18), pedindo-lhes abordagens mais inclusivas (Decreto-Lei n.º54/18) eapelando à operacionalização do perfil de aluno/a com diversas competências,conhecimentos e capacidades (Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória,2017) e enquanto cidadão/ã ativo/a e participativo/a (Estratégia Nacional de Educaçãopara a Cidadania, 2017). Por outro lado, são também importantes as perspetivas teóricase de investigação que apontam como essencial a preocupação com a participação dos/asjovens, no sentido em que devem envolver-se nos processos de discussão (Costa et al,2015), num contexto onde os seus discursos podem ser considerados uma ferramentapara se perceber a própria escola (Pereira et al, 2016), possível com práticas deliderança promotoras de diálogo, discussão e compreensão de todos os pontos de vista(Ferreira et al, 2015), num ambiente mais humano e humanizado (Ferreira, 2017).Neste sentido, a entrada no contexto, a observação das práticas e auscultação deinteresses e necessidades nos primeiros momentos do estágio permitiram perceber asdiferentes formas de (des)interesse e, ao mesmo tempo, (des)conhecimento dealunos/as, professores/as e direção, sendo por isso essencial a observação participanteno decorrer de todo o processo, as notas de terreno com descrições e reflexões, umaentrevista ao diretor do agrupamento e diferentes workshops abertos à comunidadeescolar, enquanto estratégias de intervenção (Menezes, 1999, 2003).A partir das observações, do discurso de diferentes atores do contexto e daarticulação dos/as alunos/as com a direcção, na gestão escolar, escreveram-se reflexõescríticas e interpretações fundamentadas, que indicaram a necessidade de os/as alunos/asdesenvolverem competências e atitudes participativas, ativas e críticas, com vontade defazer mais ou diferente e influenciar efetivamente o que é decidido na escola, no sentidode desenvolverem o que intitulamos de Cidadania Criativa.
Subject: Ciências da educação
Educational sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Ciências da educação
Social sciences::Educational sciences
TID identifier: 202309576
URI: https://hdl.handle.net/10216/123831
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
365228.pdfGestão escolar e cidadania criativa: a participação discente na direção de um agrupamento de escolas14.15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.