Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/121010
Author(s): Raquel Maria Martins Serrano
Title: Relação de supervisão: contributos da vinculação e da generatividade
Issue Date: 2019-07-02
Description: O papel central da relação de supervisão no processo de desenvolvimentoprofissional do supervisando é consensual, mas tem havido pouca investigação sobre oscontributos das dimensões (inter)pessoais do supervisando e supervisor na construção darelação de supervisão. Este estudo teve como objetivo uma melhor compreensão da relaçãode supervisão, considerando os contributos da vinculação do supervisando e dageneratividade do supervisor. O estudo foi concretizado junto dos estudantes do MestradoIntegrado em Psicologia da FPCEUP, que se encontravam a realizar estágiosupervisionado, num total de 93 participantes. A relação de supervisão foi avaliada peloShort Supervision Relationship Questionnaire (Cliffe, Beinart, & Cooper, 2016), avinculação do supervisando foi medida pelo Experiences in Close Relationships-Relationship Structures (Fraley, Heffernan, Vicary, & Brumbaugh, 2011) e a perceção dageneratividade do supervisor foi avaliada pelo Q-sort Measure of Generativity Realization(Peterson & Klohnen, 1995). Tal como esperado, a relação de supervisão, nas suasdimensões base segura/educação reflexiva e estrutura, apareceu associada com ageneratividade e com a identificação com a orientação teórica do supervisor. No que dizrespeito à vinculação, contrariamente ao previsto, os resultados sugerem que não seencontra associada à relação de supervisão. Contudo, no grupo dos supervisandos que nãose encontravam numa relação romântica, a estrutura da relação de supervisão apareceunegativamente associada com a vinculação, na dimensão evitamento (global e ao pai).Finalmente, observou-se um efeito moderador do evitamento à mãe, ao pai e aocompanheiro na relação entre a generatividade e a dimensão base segura/educaçãoreflexiva da relação de supervisão. Na dimensão estrutura, apenas o evitamento amorososurgiu com um papel moderador. De forma inesperada, verificámos que o papel moderadorda vinculação teve na maioria dos casos efeitos que são contraditórios com o suporteteórico. Os resultados são discutidos à luz do suporte teórico e de algumas evidênciasempíricas, tendo em conta aspetos contextuais e sociais. São também apresentadasimplicações e sugestões para investigação futura.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202262685
URI: https://hdl.handle.net/10216/121010
Document Type: Dissertação
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
341586.pdf
  Restricted Access
Relação de supervisão: contributos da vinculação e da generatividade1.06 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.