Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/112942
Author(s): Soraia Vidal Pinho
Title: À descoberta de uma quinta pedagógica: análise do processo de revisão dos guiões de atividades para crianças
Issue Date: 2018-07-09
Description: O presente relatório, desenvolvido no âmbito do Mestrado em Ciências da Educaçãodomínio Infância, Família e Sociedade - Temas e Problemas em Educação, tem por objetivo derefletir e analisar, através de um olhar crítico baseado nos contributos teóricos das Ciências daEducação, as experiências vividas no estágio realizado em um contexto de educação não formal.Num mundo cada vez mais globalizado, as transformações e riscos ambientais tornaramsevisíveis, e desencadearam preocupações com a sustentabilidade ambiental. Estas têm-se traduzidona criação de projetos de convivência com a natureza e espaços verdes destinados às crianças,promotores de educação ambiental, à semelhança do que acontece com a Quinta Pedagógica dosOlivais (QPO), localizada em Lisboa, que visa reaproximar os cidadãos urbanos da natureza e darevalorização do meio ambiente, neste caso, pela aposta na divulgação e vivência de tradições rurais.Neste relatório procura-se, então, compreender a QPO enquanto contexto de educação nãoformal, na sua organização e modos de funcionamento no dia-a-dia, especialmente a sua relação coma infância e as crianças que a visitam integradas em visitas escolares, refletindo em que medida oentendimento das crianças como agentes ativos e participativos na sociedade é reconhecido e épromovido nas atividades socioeducativas. A negociação desta preocupação com o pedido de revisãodos Guiões das Atividades Pedagógicas da QPO implicou a recolha e análise de documentos,entrevistas com membros da equipa técnica e momentos de observação participante de práticas deintervenção com grupos de crianças aquando da realização daquelas atividades. A análise dos dadosrecolhidos visou identificar e refletir acerca das conceções de criança, infância e educação empresença e, ao mesmo tempo, informar alguns dos comentários, recomendações e/ou sugestõesquanto à organização e funcionamento das atividades da QPO em termos educativos. Estas decorrem,fundamentalmente, da identificação de algumas ambiguidades entre a missão educativa não formalda QPO, que valoriza a presença de público infantil e a sua sensibilização ambiental através daexperimentação, e algumas das práticas em torno das Atividades Pedagógicas que se apresentamtendencialmente: i) direcionadas para as idades escolares; ii) perspetivadas em função das lógicascurriculares da escola; iii) dinamizadas segundo determinadas relações entre técnicos e criançasmuito próximas do registo escolar de tipo transmissivo, limitando as potencialidades das própriaspropostas de atividade bem como da participação das crianças em termos de exploração dos recursos,do seu uso criativo e de aprendizagens não formais e informais acerca da educação ambiental. Porúltimo reflete-se sobre o papel do profissional em Ciências da Educação em contextos de educaçãonão formal destinados a crianças.
Subject: Ciências da educação
Educational sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Ciências da educação
Social sciences::Educational sciences
TID identifier: 201969858
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/112942
Document Type: Dissertação
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
273580.pdf
  Restricted Access
À descoberta de uma quinta pedagógica: análise do processo de revisão dos guiões de atividades para crianças6.72 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.