Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/9995
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.coverage.spatialPortopt_PT
dc.creatorPinheiro, Isaura de Fátima Antunespt_PT
dc.date.accessioned2009-05-15T11:31:51Zpt_PT
dc.date.accessioned2012-06-26T17:50:06Z-
dc.date.available2009-05-15T11:31:51Zpt_PT
dc.date.available2012-06-26T17:50:06Z-
dc.date.issued2001pt_PT
dc.identifier.other3369_TMpt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10216/9995pt_PT
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Ciência do Desporto, área de especialização em Actividade Física Adaptada, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Portopt_PT
dc.description.abstractA legislação que regula a inclusão de alunos com deficiência nas escolas regulares, sofreu ao longo dos tempos transformações que levaram a uma crescente responsabilização dessas mesmas escolas, pela inclusão destes alunos numa perspectiva de escola para todos . Mais do que ninguém os agentes de ensino, entre os quais os docentes, são os principais interessados neste processo. Para tal será essencial conhecer as atitudes dos professores de Educação Física relativamente à inclusão e compará-la com a atitude dos docentes das restantes disciplinas, já que a atitude é passível de intervir e controlar o comportamento e acções, neste caso dos docentes.O objectivo geral do estudo é procurar conhecer as atitudes dos professores que leccionam Língua Portuguesa, Matemática, Educação Visual e Tecnológica, e Educação Física, perante o factor inclusão, nas turmas regulares, de alunos com deficiência.A amostra é constituída por quatrocentos e cinco professores de quatro disciplinas, do Centro da Área Educativa do Tâmega, que responderam a um questionário constituído por uma adaptação para a População Portuguesa (Serrano, 1998), da Escala de Atitudes de Sideridis e Chandler (1997), e denominada TIAQ Teacher Integration Attitudes Questionnaire . Os procedimentos estatísticos utilizados foram a análise factorial, médias, desvios padrão e amplitudes. Para as comparações dos resultados foram utilizados os testes de Quíquadrado e Análise de Variância (ANOVA). O índice de significância estatística aceite foi de 5%. Deste estudo, podemos retirar como principais conclusões que: 1) as atitudes dos professores de Educação Física, face à inclusão de alunos com deficiência, são mais favoráveis do que as restantes; 2) a atitude dos professores é menos favorável face aos alunos com deficiência mental; 3) a atitude dos professores é mais favorável devido ao maior número de anos de trabalho com estes alunos; 4) esta atitude é mais favorável em virtude do maior número de alunos com que o ...pt_PT
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_PT
dc.languageporpt_PT
dc.publisherUniversidade do Porto. Reitoriapt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.titleAtitudes dos professores do 2º ciclo do Ensino Básico das escolas do CAE-Tâmega face à inclusão de alunos com deficiênciapt_PT
dc.typeDissertaçãopt_PT
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3369_TM_01_C.pdfVolume 01 Cores43.92 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
3369_TM_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco10.48 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.