Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/9932
Author(s): Carvalho, Serafim Armindo Dias de
Title: Perturbação de pânico : Suas apresentações clínicas
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 1999
Abstract: Objectivos- As características clínicas dos doentes com perturbação de pânico nunca foram exaustivamente estudadas entre nós. Por outro lado a perturbação de pânico pode ser uma realidade clínica mais heterogénea do que geralmente é suposto. Partimos para esta investigação com o propósito, não só de avaliar dados de uma amostra do nosso meio sociocultural, como demonstrar que alguns subtipos sintomáticos da perturbação de pânico se relacionam com variáveis clínicas tais como depressão, suicidabilidade, ansiedade de base, gravidade da agorafobia e pânico, de um modo distinto.Métodos- Foi avaliada uma amostra de doentes com perturbação de pânico em relação a alguns dados clínico semiológicos fundamentais, desde logo as características sócio-demográficas, bem como o estudo das variáveis relacionadas com os ataques de pânico tais como as cognições de medo, a ansiedade antecipatória e a ansiedade de base, com a agorafobia, com o primeiro pedido de ajuda, com variáveis clínicas de frequente comorbilidade como seja a depressão ao longo da vida e actual, a ideação suicida e tentativa de suicídio. Foram utilizados os seguintes instrumentos de avaliação: a Entrevista Estruturada para as Perturbações Ansiosas-Revista (ADIS-R), o Inventário Depressivo de Beck (IDB), o Questionário de Medo, o SCL-90-R e o Questionário de Cognições Associadas aos Ataques de Pânico. Os 13 sintomas do ataque de pânico, segundo o DSM-IV, foram sujeitos a análise factorial. Os factores obtidos foram correlacionados com as cognições de medo, bem como com as variáveis clínicas em estudo. Resultados- As características clínico-semiológicas da amostra foram no geral concordantes com os resultados de trabalhos da mesma natureza. Após análise factorial dos sintomas dos ataques de pânico obtiveram-se quatro factores. Chamamos ao factor 1 cardiorespiratório, é composto pelos itens: dificuldade em respirar, sensação de sufocar, palpitações e desconforto ou dor no peito, bem como medo de morrer. O factor 2, ...
Description: Dissertação de Mestrado em Psiquiatria apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/9932
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2605_TM_01_C.pdfVolume 01 Cores143.77 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
2605_TM_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco16.07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.