Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/9766
Author(s): Seixas, Susana Alves
Title: Análise dos padrões de diversidade genética em três regiões funcionalmente relevantes do genoma humano : Apolipoproteína E (APOE), α1-antitripsina (PI), grupo sanguíneo Duffy (FY)
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 2002
Abstract: Os estudos de variabilidade genética ao nível populacional podem-se centrar na história evolutiva das populações ou na história de certos genes em particular. A análise da história das populações está na base de progressos muito importantes na interpretação das relações interpopulacionais e dos principais padrões de migração, mas tende a não aprofundar o estudo das propriedades específicas de cada marcador genético. A caracterização da variação genética locus a locus é inadequada para a descrição da história populacional, mas permite uma análise mais detalhada dos aspectos que condicionaram a actual diversidade das regiões codificantes do genoma humano, incluindo o estudo das variedades de processos mutacionais, a pesquisa de diferenças funcionais entre alelos e o seu impacto no risco de doença, a avaliação do papel da selecção, bem como a identificação do local de origem de certas mutações e a análise das forças que influenciaram a sua subsequente dispersão.Esta tese constitui uma contribuição para a compreensão dos padrões de variação genética em três genes polimórficos: apolipoproteína E (APOE), a1-antitripsina (PI) e grupo sanguíneo Duffy (FY). A variação alélica do locus da APOE determina uma importante fracção da variabilidade nos níveis de colesterol total e está associada ao risco de doença de Alzheimer, proporcionando um bom exemplo da influência de um polimorfismo genético comum na susceptibilidade a doenças degenerativas e não infecciosas. O gene PI apresenta um elevado grau de polimorfismo com diversos alelos normais e muitas variantes patogénicas que causam a deficiência da proteína, constituindo um bom modelo para o estudo da história natural de um polimorfismo. O grupo sanguíneo FY está associado à resistência à malária por Plasmodium vivax e é particularmente adequado ao estudo do impacto das doenças infecciosas na modulação da variação genética.Com o objectivo de caracterizar a diversidade genética da apolipoproteína E, estudaram-se as distri ...
Description: Dissertação de Doutoramento em Biologia apresentada à Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/9766
Document Type: Tese
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4514_TD_01_C.pdfVolume 01 Cores55.98 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
4514_TD_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco12.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.