Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/81551
Author(s): Campos, Ana Sofia Correia
Gomes, António Alberto
Title: Cheia de abril de 1962 na cidade de Vila do Conde: delimitação do perímetro de inundação com base na informação hidro-histórica das áreas afetadas
Issue Date: 2015
Abstract: The occupation of flood plains intensifies with the urban expansion, enhancing the artificiality, waterproofing and concentration of people and property in susceptible areas to the natural rise of the river level. This fact changes the territorial vulnerability and increases the number of exposed elements to flood events. Once April 1962 flood, in Vila do Conde, was the most significant of the twentieth century in terms of damage, the delimitation of the flood perimeter was performed from photos, aerial photography from 1958 and population surveys, as well as the analysis of the hidro-geomorphological context of this flood. This work will focusprimarily on the flooded area of República Square and its contiguous areas, since they were the most affected. Through this exercise it was possible to understand the importance of the urban and functional changes that the República Square and its adjacent blocks suffered and the impact that a similar occurrence would have today. These results enable the study offlood vulnerability adapted to urban riparian areas.
Description: A ocupação de leitos de cheia intensifica-se com a expansão urbana, potenciando a artificialização, impermeabilização e concentração de pessoas e bens em áreas suscetíveis à subida natural do nível fluvial. Esta realidade altera a vulnerabilidade territorial e aumenta o número de elementos expostos a eventos de cheia. Tendo em conta que a cheia de Abril de 1962, em Vila do Conde, foi a mais expressiva do século XX em termos de danos, encetou-se a delimitação do perímetro de inundação a partir de fotos da época, da fotografia aérea de 1958 e de inquéritos àpopulação, assim como da análise do contexto hidrogeomorfológico desta cheia. Este trabalho centra-se sobretudo na inundação da Praça da República e áreas contíguas, uma vez que foram as áreas mais afetadas durante esta cheia. Através deste exercício foi possível reconhecer as modificações urbanísticas e funcionais que a Praça da República e quarteirões adjacentes sofreram e o impacto que um episódio de cheia semelhante teria na atualidade. As conclusões alcançadas abrem caminho para estudos de vulnerabilidade a cheias adaptados a áreas ribeirinhasurbanas.
Subject: Humanidades
Humanities
URI: http://hdl.handle.net/10216/81551
Source: VII Congresso Nacional de Geomorfologia: Geomorfologia 2015
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
107443.pdf890.17 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons