Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/78068
Author(s): Quintela, Pedro
Guerra, Paula
Feixa, Carles
Farrajota, Marcos
Title: As 'cenas' punk em Portugal (1977-2012): um olhar sociológico a partir da análise das redes de produção, distribuição e consumo de fanzines e e-zines
Issue Date: 2014
Abstract: Although the production, distribution and consumption of fanzines is prior to the emergence of punk in the UK and USA, it was with this phenomenon that it became relevant, as an area of freedom of thought and creativity, and alternative to conventional media. Since the 1970s the fanzines scene clearly expanded, at different levels: thematically, graphically, but also in terms of territorial coverage and the kind of medium used. In this paper we present the preliminary results of an ongoing research on the emergence, development and transformation of punk, underground and do-it-yourself practices, in which the fanzines and, more recently, e-zines are interesting examples. This research was made in the context of a broader research project on the role, development and consolidation of the punk movement in Portugal, between 1977 to 2012. In this paper we came from a broader set of fanzines and e-zines associated with the Portuguese punk movement , produced over the past decades (particularly between 1990, 2000 and 2010), as well as qualitative analysis of interviews that have been conducted with some actors involved in the production and consumption of zines. We analyze some of the most relevant aspects related with the Portuguese punk fanzines' networks of production, distribution and consumption. The paper seeks to understand the fanzines' relevance (past and present) within the context of the punk / hardcore 'scenes' in Portugal, identify some of the main trends of evolution and change, establish some points of comparison with international studies of similar nature, in order to identify aspects of convergence, but also differentiation between punk fanzines and e-zines produced in Portugal and those produced in other countries.
Description: Embora a prática de produção, distribuição e consumo de fanzines seja anterior à emergência do fenómeno do punk no Reino Unido e E.U.A., a verdade é que foi com ele que ganhou relevância, assumindo-se como um espaço de liberdade de pensamento e criação, bem como de alternativa aos media convencionais. Desde a década de 1970 o universo das fanzines expandiu-se de forma clara, a diversos níveis: em termos temáticos e de abrangência estilista, mas também em termos de abrangência territorial e dos suportes comunicacionais utilizados. Neste artigo propomo-nos a apresentar os resultados preliminares da investigação em curso (inserida no contexto de um projeto de investigação mais amplo sobre a função, desenvolvimento e consolidação do movimento punk em Portugal, entre 1977-2012) sobre o surgimento, desenvolvimento e transformação de práticas punk, subterrâneas e do-it-yourself, do qual as fanzines e, mais recentemente, as e-zines constituem um exemplo particularmente interessante. A partir de um conjunto alargado de fanzines e e-zines associadas ao movimento punk português, produzidas ao longo das últimas décadas (com particular enfoque nos anos 1990, 2000 e 2010), bem como da análise qualitativa de entrevistas que têm vindo a ser realizadas com alguns atores envolvidos na produção e consumo de fanzines, serão analisados alguns dos aspetos mais relevantes associados às suas redes de produção, distribuição e consumo Procuraremos compreender qual a sua relevância (atual e passada) no contexto da 'cena' punk/hardcore em Portugal, quais os principais traços do seu desenvolvimento e transformação e, por fim, identificaremos algumas tendências de evolução e mudança, sempre que possível estabelecendo alguns pontos de comparação com estudos internacionais de cariz similar, de modo a identificar aspetos de convergência, mas também de diferenciação das fanzines e e-zines produzidas em Portugal relativamente às que são produzidas em outros países.
Subject: Ciências sociais
Social sciences
Scientific areas: Ciências sociais
Social sciences
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/78068
Source: 40 anos de democracia(s) : progressos, contradições e prospetivas: VIII Congresso Português de Sociologia
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
96946.pdf676.04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons