Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/62353
Author(s): João Pedro Xavier
Title: Os inventores da perspectiva
Issue Date: 1998
Description: O nascimento da perspectiva artificialis está indubitavelmente ligado a Florença e a um homem, Filippo Brunelleschi, arquitecto da cúpula da catedral de Santa Maria del Fiore.Dele e da sua cidade, que também ajudou a construir, nos ocuparemos neste artigo: será apresentada a costruzione legittima (método directo ou dos raios visuais), método perspéctico de que é inventor, bem como os dois extraordinários dispositivos ópticos, as tavolette, por si engendradas para demonstrar a validade e fiabilidade da perspectiva enquanto instrumento de reprodução da realidade.Orientará o nosso discurso a preocupação de contextualizar, histórica e culturalmente, o surgimento deste método de representação, dando conta da sua articulação mais particular com a produção artística da época.É claro porém que, nesta invenção (que alguns considerarão descoberta), Brunelleschi não esteve, nem poderia estar, só. Antes pôde contar, concretamente, com o precioso legado deixado pelos pintores do trecento italiano, como Duccio, Giotto ou Lorenzetti e com o conhecimento dos métodos de projecção cartográfica de Ptolomeu, descritos na sua Geographia (obra trazida para Florença no início de quatrocentos), circunstâncias que contribuíram para definir uma conjuntura, que se vinha desenhando já desde o século XII, favorável ao cruzamento da ciência com a arte, reflexo da enorme vontade de o ser humano se aproximar, entender e, se possível, apropriar, do mundo envolvente, dispondo para isso de acrescentados recursos para a sua interpretação.Em relação à arte, para além da geometria, a perspectiva será o instrumento de rigor nesta tentativa de dominar a realidade por via da representação, mas será também um meio de o homem chegar mais perto de si mesmo ao afirmar a sua presença no espaço que aspira a controlar em absoluto.Nota acerca da bibliografiaCitaremos livremente o biógrafo de Brunelleschi, Antonio Manetti e também Giorgio Vasari, Leonardo da Vinci e Leon Battista Alberti. Utilizaremos referências de obras contemporâneas da autoria de Luigi Vagnetti e Philipe Comar.
Subject: Arquitectura, Artes
Architecture, Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/62353
Document Type: Artigo em Revista Científica Nacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Artigo em Revista Científica Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
46382.pdfFull text600.28 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons