Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/55873
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMilhano, Ângelo Samuel Nunespt_PT
dc.date.accessioned2012-01-21T05:05:42Z-
dc.date.available2012-01-21T05:05:42Z-
dc.date.issued2010pt_PT
dc.identifier.other000206941pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10216/55873-
dc.description.abstractA dissertação que aqui se desenvolve procura expor as condições filosóficas que levaram Andrew Feenberg a criar a sua teoria crítica da tecnologia. Vamos sobretudo centrar a nossa atenção na importância que o conceito de código técnico e a teoria da instrumentalização possuem para a concepção democrática da tecnologia proposta por Feenberg. Para tal propósito, serão aqui analisados os pressupostos teóricos e as consequentes limitações das concepções filosóficas tradicionais da tecnologia (instrumentalismo, substancialismo e determinismo). Ao partir dessas concepções procuramos apresentar a necessidade da emergência da proposta de Feenberg. Porém, para concluir tal tarefa, serão também expostos os prolegómenos da teoria crítica da tecnologia existentes no pensamento de Herbert Marcuse e Jürgen Habermas, a partir dos quais vamos procurar desenhar a linha contextual através da qual Feenberg desenvolve a sua concepção “ambivalente” da tecnologia.pt_PT
dc.languageporpt_PT
dc.publisherPorto : [Edição do Autor]pt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.source.urihttp://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000206941pt_PT
dc.subjectTecnologia - Filosofiapt_PT
dc.titleA emergência da teoria crítica da tecnologia de Andrew Feenberg : para uma concepção democrática da tecnologiapt_PT
dc.typeDissertaçãopt_PT
Appears in Collections:FLUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESEMESANGELOMILHANO000127203.pdf980.38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.