Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/54642
Author(s): Rebelo, Ana Márcia Dias
Title: Homocisteína e nefropatia diabética
Publisher: Porto : edição de autor
Issue Date: 2001
Abstract: Resumo da tese: A homocisteína é um aminoácido sulfurado que resulta do metabolismo do aminoácido essencial metionina. Após a sua síntese, pode ser metabolizada por duas vias metabólicas: remetilação e transsulfuração. Na via da remetilação a homocisteína é novamente convertida em metionina, pela aquisição de um grupo metilo a partir do 5-metil-tetrahidrofolato (via dependente da vitamina B12 e do folato) ou da betaína (via que ocorre principalmente no fígado). Na via da transsulfuração a homocisteína é convertida em cisteína, numa série de reacções dependentes da vitamina B6. A concentração plasmática de homocisteína pode estar elevada devido a mecanismos genéticos (deficiências enzimáticas hereditárias), deficiências nutricionais, certas patologias e fármacos, entre outros. A hiperhomocisteinemia tem sido reconhecida como um factor de risco independente para as doenças cárdio e cerebrovasculares e arterial periférica. Concentrações elevadas de homocisteína total estão associadas ao aumento do risco de doença aterosclerótica, que constitui uma das complicações crónicas da diabetes mellitus, e que se manifesta principalmente como doença coronária, doença cerebrovascular, doença vascular dos membros inferiores e nefropatia diabética. Esta última é por si só a causa mais comum de falência renal a nível mundial. Não existem dados que comprovem que a hiperhomocisteinemia cause nefropatia. Mas por outro lado, os níveis de homocisteína dependem da presença e gravidade da nefropatia o que sugere que a nefropatia pode ser a causa da hiperhomocisteinemia. Palavra-chave: homocisteína, hiperhomocisteinemia, aterosclerose, nefropatia diabética, diabetes mellitus, insuficiência renal.
Description: Contém um relatório de estágio realizado na Unidade de Endocrinologia do Hospital de São João do Porto, no âmbito da licenciatura em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto. O exemplar do relatório de estágio existe apenas em formato papel e está disponível para consulta na Biblioteca da FCNAUP
Tese de licenciatura em Ciências da Nutrição apresentada à Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto
Subject: Universidade do Porto, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação, Licenciatura em Ciências da Nutrição--Dissertações
Ciências da Nutrição--Tese de licenciatura
Áreas de estágio--Nutrição Clínica--Relatório de estágio
Homocisteína
Nefropatia
Diabetes Mellitus
URI: http://hdl.handle.net/10216/54642
Catalogue Link: http://catalogo.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000067645
Document Type: Trabalho Académico
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCNAUP - Trabalho Académico

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
67645_01-07T_TL_01_P.pdf17.68 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
67645_01-07T_TL_01_Cnova.pdf17.65 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.