Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/54515
Author(s): Cordeiro, Tânia Cristina de Jesus
Title: Determinantes sócio-demográficos e familiares do excesso de peso em crianças do Porto : trabalho de investigação
Publisher: Porto : edição de autor
Issue Date: 2007
Abstract: Resumo da tese: Introdução: A obesidade é considerada a maior epidemia de saúde pública mundial e apresenta etiologia multifactorial. Este trabalho teve como objectivo avaliar a importância dos factores sócio-demográficos e familiares no risco de excesso de peso em crianças. Participantes e métodos: Foram seleccionadas aleatoriamente e convidadas a integrarem o estudo transversal UpKids, 40 escolas do ensino básico do Porto. Aceitaram participar 35 das quais todos os alunos (n=5867), foram convidados a participar. Aceitaram 3391 crianças, tendo devolvido o inquérito 2515. A amostra final incluiu 975 raparigas e 972 rapazes dos 5 aos 16 de idade, após aplicação de critérios de exclusão. Os pais dos participantes preencheram um questionário que incluía características sóciodemográficas, familiares, ingestão alimentar e actividade física dos seus filhos. Foi avaliado o peso e altura das crianças, calculou-se o IMC, tendo sido usados para a classificação ponderal, os pontos de corte definidos pela IOTF. Utlilizaramse modelos de regressão logística para estimar a magnitude da associação entre o excesso de peso/obesidade e as características sócio-demográficas e familiares, ajustando para os confundidores.Resultados: O Odds ratio para o excesso de peso/obesidade das crianças, aumentou com a obesidade materna (IMC 30 kg/m² vs. <25,0 kg/m², OR=4,22, IC 95% [2,34-7,56], nos rapazes e OR=2,74, IC 95% [1,65; 4,53], nas raparigas), obesidade paterna (IMC 30 kg/m² vs. <25,0 kg/m²: OR= 3,44, IC 95% [2,11; 5,59], nos rapazes e OR=2,82, IC 95% [1,73; 4,62], nas raparigas), escolaridade paterna, nos rapazes (10-12 anos vs. 9 anos: OR=1,54, IC 95% [1,13; 2,18]), escolaridade materna, nas raparigas (10-12 anos vs.
Thesis abstract:Background: Obesity is the major public health epidemic worldwide and presents multifactorial aetiology. The aim of this study was to evaluate the importance of socio-demographical and familiar factors in determining overweight risk in children. Participants and methods: Forty primary schools of Porto were randomly selected and invited to participate in this cross-sectional study (UpKids). Thirty five schools have accepted, from which all the students (n=5867) were invited to take part in the study. The response rate was 58%. After exclusion criteria, the final sample included 975 girls and 972 boys, aged between 5 and 16 years. Parents filled out a questionnaire on socio-demographical and familiar characteristics, food intake and physical activity. Anthropometric measures (weight and height) were obtained, BMI computed and overweight/obesity classified according to IOTF’s cut-off points. Logistic regression models were fitted to estimate the magnitude of the association between overweight/obesity and sociodemographical and familiar characteristics, adjusting for confounders.Results: The Odds ratio for childhood overweight/obesity increased with maternal obesity (IMC 30 kg/m² vs.<25,0 kg/m²: OR=4,22, IC 95% [2,34-7,56], in boys and OR=2,74, IC 95% [1,65; 4,53], in girls), paternal obesity (IMC 30 kg/m² vs. <25,0 kg/m²: OR= 3,44, IC 95% [2,11; 5,59], in boys and OR=2,82, IC 95% [1,73; 4,62], in girls), paternal education among boys (10-12 years vs. 9 years: OR=1,54, IC 95% [1,13; 2,18]), maternal education among girls (10-12 years vs. 9 years: OR=1,57, IC 95% [1,09; 2,28]), birth weight, in boys (> 4000g vs. <2500g: OR= 2,35, IC 95% [1,11; 4,96]) and being a single child, in girls (OR= 1,56, IC 95% [1,17; 2,08]).
Description: Contém um relatório de estágio curricular realizado na Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (Projecto UPkids), no Centro Social e Paroquial de Mindelo, na Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Colombo, Brasil, e no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Brasil, no âmbito da licenciatura em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto. O exemplar do relatório de estágio existe apenas em formato papel e está disponível para consulta na Biblioteca da FCNAUP
Tese de licenciatura em Ciências da Nutrição apresentada à Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto
Subject: Universidade do Porto, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação, Licenciatura em Ciências da Nutrição--Dissertações
Ciências da Nutrição--Tese de licenciatura
Áreas de estágio--Nutrição Comunitária (Saúde Pública)--Nutrição Clínica--Relatório de estágio
Sobrepeso
Estilo de vida
Hábitos alimentares
Nutrição da criança
URI: http://hdl.handle.net/10216/54515
Catalogue Link: http://catalogo.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000114024
Document Type: Trabalho Académico
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCNAUP - Trabalho Académico

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
114024_0701TCD1.pdf125.12 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.