Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/54428
Author(s): Araújo, Joana Filipa Campos
Title: Estilos de vida e percepção do estado de saúde em idosos portugueses de zonas rural e urbana : trabalho de investigação : lifestyle and perceived health status in Portuguese elderly from rural and urban areas
Publisher: Porto : edição de autor
Issue Date: 2008
Abstract: Resumo da tese: Introdução: O conhecimento da distribuição e modificação de comportamentos em saúde, em populações idosas, torna-se essencial no sentido de diminuir a morbilidade e mortalidade e aumentar a qualidade de vida. Para além disso, a percepção do estado de saúde é reconhecida como um bom preditor de morbilidade e mortalidade, e por isso, o conhecimento da sua relação com os estilos de vida, em particular em idosos de populações com diferentes características, pode contribuir para um melhor planeamento em saúde. Objectivos: Comparar as características sociais, demográficas e de saúde e os estilos de vida, entre idosos Portugueses de zonas rural e urbana e relacionar os estilos de vida com a percepção do estado de saúde. Métodos: Foram avaliados 692 indivíduos do Porto (zona urbana) e 80 de Rebordelo, Trás-os-Montes (zona rural), com idade 60 anos. A informação foi recolhida por entrevistadores treinados através de um questionário estruturado que avaliou características sociais, demográficas, comportamentais, clínicas e antropométricas. De entre os estilos de vida foram avaliados o consumo de tabaco e de bebidas alcoólicas, a prática de actividade física de lazer e o consumo de fruta e vegetais. Relativamente ao estado de saúde, foi pedido a cada indivíduo que classificasse o seu estado geral de saúde, considerando 5 opções de resposta, posteriormente agrupadas em: óptimo, muito bom, bom e razoável vs. fraco. Foi utilizada a regressão logística não condicional para o cálculo de Odds Ratio (OR) e intervalos de confiança a 95% (IC95%), ajustados para o sexo, a idade, e a escolaridade. Resultados: A escolaridade foi significativamente superior na zona urbana, assim como a proporção de indivíduos com profissões não manuais. (...)
Thesis abstract: Context: The knowledge of the distribution and modification of health behaviours in elderly people it is essential to reduce morbidity and mortality and improve quality of life. Moreover, the self-perceived health it is a good predictor of morbidity and mortality and understanding its relation with lifestyles, especially in elderly populations with different characteristics, could contribute to a better health planning. Objectives: To compare social, demographics and health characteristics and lifestyles between Portuguese elderly from rural and urban areas; and to evaluate the association between lifestyles and self-perceived health. Methods: We evaluated 692 individuals from Porto (urban area) and 80 from Rebordelo, Trás-os-Montes (rural area), with 60 or more years. Data were collected by trained interviewers, through a structured questionnaire, to evaluate social, demographics, health and behavioural characteristics. Anthropometrics measures were also obtained. The lifestyles assessed were tobacco, alcohol intake, fruit and vegetable consumption and leisure-time physical activity. To evaluate self-perceived health, individuals classified their health status, considering 5 options, then categorized into: excellent, very good, good and reasonable vs. poor. Odds Ratio (OR) and 95% confidence intervals were calculated by unconditional logistic regression, after adjustment for sex, age and education. Results: In urban area, participants were more educated and had more frequently “white collar” jobs. In urban area, was significantly higher the proportion of ever smokers; the proportions of individuals with an intake until one alcoholic beverage per day; the proportion of individuals with 5 portions/day of fruit/vegetables and the proportion of individuals that referred to practice leisuretime physical activity. (...)
Description: Exemplar da tese de licenciatura desaparecido, existe exemplar da tese online
Contém um relatório de estágio curricular no Serviço de Higiene e Epidemiologia da FMUP e no Centro de Saúde da Trofa, no âmbito da licenciatura em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto. O exemplar do relatório de estágio existe apenas em formato papel e está disponível para consulta na Biblioteca da FCNAUP
Tese de licenciatura em Ciências da Nutrição apresentada à Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto
Subject: Universidade do Porto, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação, Licenciatura em Ciências da Nutrição--Dissertações
Ciências da Nutrição--Tese de licenciatura
Áreas de estágio--Investigação Científica (Epidemiologia)--Nutrição Comunitária (Saúde Pública)--Relatório de estágio
Epidemiologia Nutricional, Idoso
Estilo de Vida
URI: http://hdl.handle.net/10216/54428
Catalogue Link: http://catalogo.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000120828
Document Type: Trabalho Académico
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCNAUP - Trabalho Académico

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
120828_0829TCD29.pdf205.13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.