Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/137561
Author(s): Ana Sofia Monteiro Azevedo
Title: Riscos e necessidades de consumidores de substâncias psicoativas em situação de sem-abrigo: um estudo exploratório
Issue Date: 2021-11-17
Description: O consumo de substâncias psicoativas aliado a uma situação de sem-abrigo revela- se como potenciador de uma série de riscos a que um indivíduo poderá estar exposto e que, deste modo, serão prejudiciais ao seu bem-estar. Daqui surge, inevitavelmente, a pertinência de resposta às necessidades desta população, cuja responsabilidade recai, em larga medida, em equipas de proximidade que baseiam a sua intervenção na Redução de Riscos e Minimização de Danos. O recurso à metodologia qualitativa capacita este estudo de uma possibilidade de análise desta problemática, contribuindo não só para a identificação dos diferentes riscos a que a população em causa está exposta e das necessidades que daí decorrem, como também para a exploração da realidade da utilização de drogas em contexto de Rua e, ainda, para a compreensão do impacto que a pandemia causada pelo Covid-19 teve nas dinâmicas quer de consumidores de substâncias psicoativas em situação de sem-abrigo, quer das Entidades Competentes que intervém, de forma mais ou menos próxima, no fenómeno. A amostra inclui 5 utentes do projeto "Rotas com Vida" da Instituição "Norte Vida" e 4 técnicas de proximidade da mesma Instituição que contactam, diariamente, com esta realidade (N=9). As entrevistas seguem uma organização semiestruturada e foram administradas quer presencialmente, no que toca aos utentes, quer virtualmente (através da plataforma Zoom), no que se refere às técnicas. A análise de conteúdo permitiu a identificação de 9 categorias e 3 subcategorias. Os resultados evidenciaram riscos ao nível da saúde, da segurança e do consumo e necessidades associadas a uma série de fatores que culminam, quase sempre, na necessidade de uma resposta de alojamento, assim como de respostas mais imediatas e individualizadas. Para além disso, os dados contribuíram para uma possível caracterização desta população e para o estabelecimento de diferenças entre diferentes grupos a ela associados. É, da mesma forma, possível caracterizar a intervenção das Entidades Competentes, nomeadamente ao nível das equipas de ruas, assim como as consequências da pandemia quer nesta intervenção, quer no dia-a-dia dos seus utilizadores, que se revelam como pouco significativas em alguns parâmetros e largamente prejudiciais em outros.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202795225
URI: https://hdl.handle.net/10216/137561
Document Type: Dissertação
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
513828.1.pdfRiscos e necessidades de consumidores de substâncias psicoativas em situação de sem-abrigo: um estudo exploratório521.58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
513828.docx
  Restricted Access
Parecer Orientador103.06 kBMicrosoft Word XML    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.