Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/129920
Author(s): Eva Alexandra Martins Nogueira
Title: Será que a educação sexual influencia a comunicação sobre sexualidade nas relações de intimidade?
Issue Date: 2020-10-27
Description: A educação sexual (ES) tem vindo a integrar, cada vez mais, uma visão holística da sexualidade e a comunicação surge como uma das competências a ser trabalhada pela mesma. A comunicação sobre sexualidade nas relações de intimidade tem um papel importante na satisfação dentro das mesmas, sendo que pode variar de acordo com aspetos culturais ou educacionais. No entanto, são escassos os estudos que implicam a associação da ES na comunicação sobre sexualidade nas relações íntimas e, por isso, a presente dissertação surge com o intuito de preencher um pouco dessa lacuna. Para isso, foi utilizada uma metodologia mista que integrava dois momentos: o preenchimento de um questionário e a realização de uma entrevista semiestruturada. Os critérios de inclusão consistiam em ter idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos e, também, uma experiência relacional íntima atual ou passada. Os principais resultados demonstram-nos como todos os participantes se conseguem posicionar criticamente face à vivência da sua ES, indagando que a mesma não aborda tanto os conteúdos de ordem relacional e afetiva, como os de ordem preventiva e de riscos. Os participantes falam sobre o que é a comunicação sobre sexualidade para cada um deles e o quão satisfeitos se sentem com a mesma. No entanto, não diferenciam a comunicação sobre sexualidade comparativamente a outras áreas abordadas dentro da relação, o que não vai de encontro ao apontado pela literatura. A maioria dos participantes refere que a comunicação sobre sexualidade não integrou a sua ES mas que, no entanto, deveria ter integrado. Apesar de não ter sido evidenciado uma influência da ES na comunicação sobre sexualidade, foi importante analisar os resultados tendo em conta a influência do ambiente familiar na forma como se comunica sobre sexualidade, posteriormente, nas relações íntimas. Desta forma, conclui-se que parece ser importante os pais encorajarem conversas sobre sexualidade dentro de casa, de forma a tornar estes temas menos embaraçantes. Para além disso, alerta-se para o contributo que a comunicação sobre sexualidade poderá ter ao ser incorporada em todos os tipos de ES e, por fim, salienta-se a necessidade de existir complementaridade entre agentes educativos dentro da ES. Esta dissertação termina referindo-se as principais limitações que foram encontradas no decorrer da mesma, bem como as implicações para a prática.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202537218
URI: https://hdl.handle.net/10216/129920
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
428000.pdfSerá que a educação sexual influencia a comunicação sobre sexualidade nas relações de intimidade?811.27 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.