Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/129380
Author(s): Beatriz de Moura Ribeiro
Title: Imagem corporal positiva em pessoas com obesidade: influência das dimensões da vinculação e da regulação emocional
Issue Date: 2020-07-24
Description: As investigações no campo da imagem corporal, na última década, foram redirecionadas para uma perspetiva mais holística e compreensiva deste conceito, focando-se na imagem corporal positiva (IC Positiva). Esta pode ser definida pela capacidade de apreciar o próprio corpo, aceitando e valorizando as suas capacidades. A obesidade, de etiologia multifatorial, é uma doença crónica com enumeras implicações negativas na vida dos indivíduos. A insatisfação com a imagem corporal é comum nas pessoas com obesidade, sobretudo naquelas que procuram tratamento especializado. No entanto, estudar a IC Positiva e as possíveis relações deste construto com outras variáveis psicológicas que influenciam o decurso da doença, poderá contribuir para uma melhor compreensão do impacto da mesma. Este estudo pretendeu analisar as diferenças entre indivíduos com obesidade e indivíduos normoponderais no que diz respeito às diferentes facetas da IC Positiva (apreciação corporal, aceitação e funcionalidade corporal), à satisfação com a aparência física, às dificuldades de regulação emocional (RE) e às dimensões da vinculação. Ainda, explorou-se a relação entre a IC Positiva e variáveis sociodemográficas no grupo clínico, bem como os principais preditores desta. A amostra utilizada foi constituída por 86 indivíduos com obesidade e 86 com peso normal. Os resultados evidenciaram que o grupo de indivíduos com obesidade obteve valores inferiores de IC Positiva (apreciação, aceitação e funcionalidade corporal) em comparação com o grupo não clínico. Relativamente à RE, o grupo clínico revelou resultados significativamente mais baixos ao nível da consciência emocional. Nas dimensões da vinculação não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos. As dificuldades de RE, a satisfação com a aparência e o IMC constituem- se como preditores significativos da IC Positiva, explicando 37.8% da variância da mesma, no grupo clínico. Ainda, no grupo de pessoas com obesidade, os resultados sugerem uma associação positiva com o nível de escolaridade. Estes resultados dão a possibilidade de aprofundar o conhecimento inerente a este construto, e são discutidos com base nas implicações para o seu estudo nesta população clínica.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202511405
URI: https://hdl.handle.net/10216/129380
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
422608.pdfImagem corporal positiva em pessoas com obesidade: influência das dimensões da vinculação e da regulação emocional693.81 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.