Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/126172
Author(s): Hugo Henrique Cardoso Veiga
Title: A Fábrica de Cima: teorias e projeto de reativação de estruturas pósindustriais. Uma proposta
Issue Date: 2019-11-08
Abstract: Nowadays, the Portuguese territory is intensely punctuated by post-industrial structures in a frank process of ruination, indicators of an industrial past. These structures possess a patrimonial value, regarding the time of their construction and antiquity, the quality and exceptionality dos the construction process used, but, also, by being repositories of collective memories that characterize and mark the local community where they insert.The present dissertation for the title of Master in Architecture, studies the possibilities that these elements offer as enhancers and dynamizes of a new urbanity in the space they are inserted. It has for base a case study - A Fábrica de Cima - localized in Castêlo da Maia, in the Metropolitan Area of Porto, and it tries to associate to the post-industrial structure a new program useful for the surrounding community. It is proposed to ally a reactivation of the existent structures to its preservation e patrimonial valorisation.As hypothesis, it is proposed a method of project action of these buildings that has in consideration its surroundings e its historical, social and cultural circumstances, that defines them, hoping that the new project comes up in continuity of the mutations of that structure and not as a rupture. As such, it is offered an analysis of current cases of other similar structures, considered as new approaches of various authors such as: Fábrica Confiança in Braga; the various reactivations like Asphalt Green in New York, Factory no 8 in Humpolec and Goldsmiths - Centre for Contemporary Art in London, of Pasanella + Klein, OK Plan Architects and Assemble Studio respectively; that highlights because of their experimentation and the alternative to other canonical approaches.Finally, it is proposed a project of intervention to the case study - Fábrica de Cima - mirroring some of the reflections taken in the theorical research, allying the will of urban and civic dynamization of the area of Castêlo da Maia and valuing the preservation of the existing post-industrial structure. The industrial production program is replaced by a new epicentre, facing it as a mean of civic participation, cultural and artistic production and social fomentation.
Description: O território português está hoje intensamente pontuado por estruturas pós-industriais em franco processode arruinamento, indicadores de um passado industrial. Estas estruturas possuem valor patrimonial, sejapela época da sua construção e antiguidade, seja pela qualidade e excecionalidade dos métodos construtivosempregues, mas, também, por serem repositórios de memórias coletivas que caraterizam e marcam a comunidadelocal onde se inserem.A presente dissertação para obtenção de título de Mestre em Arquitetura estuda as possibilidades que esteselementos oferecem como potenciadores e dinamizadores de uma nova urbanidade nos locais onde se inserem.Tendo por base um caso prático - A Fábrica de Cima - localizada no Castêlo da Maia, na zona Metropolitanado Porto, procura-se associar à estrutura pós-industrial uma nova resposta programática útil paraa comunidade envolvente. Propõe-se aliar uma proposta de reativação das estruturas existentes e da suapreservação e valorização patrimonial.Como hipótese, propõe-se um método de ação projetual sobre estas edificações que considera a sua envolventee as várias circunstâncias, tanto históricas, como sociais e culturais, que as tenham definido, procurandoque a nova ação projetual surja na continuidade das mutações dessa estrutura e não como uma rutura damesma. Para tal, oferece-se uma análise de casos atuais noutras estruturas semelhantes considerando novasabordagens de diversos autores tais como: a Fábrica Confiança; as várias reativações como o Asphalt Greenem Nova Iorque, o da Factory no 8 em Humpolec e do Goldsmiths - Centre for Contemporary Art em Londres,da autoria de Pasanella + Klein, OK Plan Architects e do Assemble Studio, respetivamente; que se destacampela experimentação e pela alternativa a outras abordagens mais canónicas.Por fim propõe-se a intervenção projetual no caso de estudo - A Fábrica de Cima - espelhando algumasconsiderações tomadas na pesquisa teórica, aliando a vontade de dinamização urbana e cívica da zona doCastêlo da Maia e valorizando a preservação da estrutura pós-industrial existente. Substitui-se o programa deprodução industrial, por um novo epicentro, encarado como meio de produção artística, cultural, económicae de fomentação social.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://hdl.handle.net/10216/126172
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
385268.pdfA Fábrica de Cima: teorias e projeto de reativação de estruturas pós-industriais, uma proposta175.67 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.