Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/123923
Author(s): Ana Sofia da Cruz Ferreira
Title: A relação trabalho-família como fonte de stress ocupacional em bombeiros portugueses
Issue Date: 2019-11-12
Description: Têm-se vindo a testemunhar mudanças cruciais nos contextos familiares, como oaumento de famílias monoparentais, e laborais, como o aumento das exigências nastarefas propostas (Eby, Casper, Lockwood, Bordeaux, & Brinley, 2005). Estes factos têmproduzido um crescente impacto na relação trabalho-família (RTF), o que torna a gestãoentre ambos os domínios cada vez mais desafiante, podendo atuar como um fator geradorde stress ocupacional. Partindo da premissa de que a ocupação de bombeiro écaracterizada por elevados níveis de stress ocupacional (Murta & Tróccoli, 2007),derivado de vários fatores a que estão expostos, pretende-se explorar a RTF como fontede stress ocupacional em bombeiros portugueses. Ancorados no Modelo Holístico doStress (Nelson & Simmons, 2003) e nos mecanismos teorizados da RTF, procuramos darresposta às seguintes questões de investigação: 1) Como vivenciam os bombeirosportugueses a RTF? e 2) Qual o tipo de stress ocupacional (positivo e/ou negativo)associado à RTF que os bombeiros portugueses vivenciam?Esta investigação consiste num estudo de natureza qualitativa, exploratória,descritiva, não experimental e transversal. Os dados foram recolhidos através darealização de entrevistas semiestruturadas a dez bombeiros e submetidos à Análise deConteúdo Temática (Bardin, 2011), com recurso ao software NVivo 11 (QSR).Os resultados evidenciaram uma maior vivência do mecanismo de spillover,nomeadamente o negativo, o que mostra que é frequente a interferência de um contextosobre o outro, concretamente do laboral sobre o familiar. Contudo, os mecanismos dospillover positivo e do equilíbrio também foram amplamente referenciados pelos nossosparticipantes, revelando que a RTF pode também ser encarada de uma forma positiva. Asegmentação foi o mecanismo menos referido pelos participantes e o da compensaçãonão foi encontrado nestes resultados. Relativamente ao stress, o mais evidenciado foi oeustress, concluindo-se que a maioria dos participantes considera a RTF estimuladora daação, apesar da ampla manifestação de conflito.Assim, este estudo procura consciencializar as partes interessadas acerca destefenómeno bem como impulsionar o desenvolvimento de mais investigações, de modo aconsolidar-se cada vez mais conhecimento.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202310337
URI: https://hdl.handle.net/10216/123923
Document Type: Dissertação
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
365406.pdf
  Restricted Access
A relação trabalho-família como fonte de stress ocupacional em bombeiros portugueses475.58 kBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.