Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/123815
Author(s): Sílvia Jucelia Dias
Title: Mulheres e as suas profissões: representações de crianças de uma escola portuguesa
Issue Date: 2019-11-13
Description: Dentre todas as civilizações que já foram objeto de estudo ao longo da história dahumanidade, e notadamente as ocidentais, fortemente enraizadas no patriarcado, a presença dasmulheres é marcada por desigualdades e por lutas pela equidade. As questões de gênero, porvezes, erroneamente confundidas ou mescladas com questões biológicas na separação bináriado masculino e feminino, ultrapassam as fronteiras físicas estabelecidas geograficamente eapresentam-se em diversas culturas, influenciando o seu modo de pensar e agir, normatizandoe mostrando que a violência de gênero, nas suas diversas formas, é praticamente universal. Oengajamento deve combater visceralmente as discriminações, nas minúsculas, porém nãomenos importantes atitudes que violam o direito das mulheres, de nós sermos o que nósquisermos! No tocante às profissões, apesar de exemplos memoráveis, de mulheres queromperam barreiras de todo o tipo e fizeram história, a presença das mulheres no mercado detrabalho ainda é reivindicada através de lutas, conquistas e mais lutas.Por isso, a presente dissertação tem como objetivo questionar, através de reflexões efundamentações teóricas, quais as escolhas e conjecturas sobre profissões, de crianças em idadeescolar do 4º ano, e se - e de que formas - estas replicam formas tradicionais e estereotipadas.Parte-se do pressuposto que nesta idade, as crianças já apresentam comportamentos, vistoscomo consoantes ao seu gênero (ou não) e distinguem os papéis sociais atribuídos ao femininoe ao masculino.Por meio de uma abordagem qualitativa, fez-se recurso à dinamização de situaçõespráticas com crianças, tendentes à recolha de dados, cuja análise resulta de análise de conteúdo.As questões previamente pensadas e as que surgiram ao longo da pesquisa, foram aos poucoselucidadas, numa tentativa de compreender e explicar as lacunas entre os avanços das mulheresno mercado de trabalho, principalmente referente às escolhas individuais da profissão e asoportunidades, em contraponto com a realidade. A pesquisa evidencia um grande hiato nasrepresentações deste grupo de crianças acerca dos discursos de igualdade e entre as escolhasque fazem para si, no tocante às profissões. Mesmo diante de tal revelação, alguns ventos damudança começam a soprar do mundo exterior e interior de crianças do século XXI, numaescola portuguesa,...
Subject: Ciências da educação
Educational sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Ciências da educação
Social sciences::Educational sciences
TID identifier: 202303594
URI: https://hdl.handle.net/10216/123815
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
364869.pdfMulheres e as suas profissões: representações de crianças de uma escola portuguesa1.3 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.