Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/121749
Author(s): Carolina Alonso Morgado
Title: Identidade profissional e identidade pessoal dos/as professores/as surdos/as de LGP: em busca da cidadania
Issue Date: 2019-07-15
Description: O objetivo central desta dissertação, faz-se na compreensão da trajetória de construçãoidentitária do/a professor/a surdo/a de LGP em consonância com a de ser surdo/a. Portanto,parte-se do conceito de identidade apresentado por Dubar, sendo esta resultado do processode socialização, assim, a identidade constrói-se a partir dos processos relacionais ebiográficos. Logo, analisamos as narrativas de sete professores/as surdos/as de LGP - um/ade cada nível escolar, do/a educador/a de infância ao professor universitário. Neste sentido,abordamos questões sobre a identidade profissional do/a professor/a, os caminhos paralegitimar a profissão de professor/a de língua gestual portuguesa e as suas conquistas pelosdireitos a sua cidadania plena. Portanto, esta pesquisa aponta a entrada destes/as surdos/asna comunidade surda, a partir do seu ingresso na escola para surdos/as, pois assim iniciam-se no processo de compreensão do modo de estar, pertencer, sentir e ser membro de umacomunidade, com características linguísticas e culturais específicas. Todos/as os/assurdos/as apresentam uma viragem na vida escolar a partir da sua entrada para escola desurdos/as, ou seja, explicam a melhora na sua qualidade de vida, na sua autoestima e na suaautonomia a partir do contacto surdo/a-surdo/a. A partir das narrativas surdas,compreendemos sobretudo a cultura de trabalho inserida no corpo docente - pedagogia surda,metodologia visual, currículo surdo - bem como a importância para o indivíduo surdoaprender a língua gestual, a sua língua natural, pois é através do seu uso que o/a surdo/a temacesso à comunidade e cultura surdas. Portanto, destaca-se a importância da aquisição deLG para que o/a surdo/a possa tornar-se um/a surdo/a cidadão/ã. Contudo, a legislação queestá em vigor em Portugal, não esta de acordo com uma educação bilingue para surdos/as.O Decreto-Lei 54/2018 preconiza um modelo de inclusão que prevê que todas as criançaspossam ter respostas adequadas às suas singularidades na escola que frequentam, seja elaqual for, o que corrobora para o esvaziamento dos/as surdos/as em EREBAS, tendo em vistaque as famílias optem pelas escolas próximas da sua residência. Portanto, este novo decretonão respeita a singularidade cultural e linguística do/a surdo/a e corrobora que os/assurdos/as se isolem da sua cultura e da sua comunidade surda.
Subject: Ciências da educação
Educational sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Ciências da educação
Social sciences::Educational sciences
TID identifier: 202270165
URI: https://hdl.handle.net/10216/121749
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
345042.pdfIdentidade profissional e identidade pessoal dos/as professores/as surdos/as de LGP: em busca da cidadania1.36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.