Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/121040
Author(s): Andreia Martins Inês
Title: Da definição concetual à diferenciação intercultural das conceções pessoais de inteligência: comparação entre estudantes portugueses e italianos
Issue Date: 2019-07-04
Description: O modelo das conceções pessoais da inteligência (CPI) pelo seu caráter compreensivo epela forma como capta a complexidade do comportamento motivado em contextos derealização, apresenta-se como relevante e atual. Na perspetiva sociocognitiva de Dweck, omodelo das CPI enfatiza um conjunto de crenças implícitas e diferenciadas sobre a naturezada capacidade intelectual à volta das quais se organizam distintas emoções, cognições ecomportamentos.Ao longo desta dissertação pretende-se comparar as CPI de estudantes portugueses eitalianos, considerando variáveis como o género, o nível socioeconómico (NSE) e orendimento académico, no quadro de um estudo transversal e correlacional.A amostra inclui 488 alunos, 252 portugueses e 236 italianos, utilizando-se comoinstrumento a Escala de Conceções Pessoais de Inteligência (ECPI), de Faria (2008).Os resultados sugerem que alunos portugueses e italianos com conceções dinâmicas, nãose autoavaliam mais positivamente em comparação com os de conceções estáticas, existindo,no entanto, diferenças significativas nas CPI em função do contexto cultural a favor dositalianos, que parecem ser mais capazes de lidar com as exigências dos contextoscompetitivos, através do esforço e investimento pessoais. Relativamente ao género, nãoexistem diferenças nas CPI; no entanto, existem diferenças significativas entre o NSE médio eo NSE alto nas CPI, a favor do NSE médio, talvez porque nos dois contextos os desafiossociais com que se debatem os indivíduos de NSE médio, relativamente à luta pelo sucesso epela ascensão social, possam explicar as perceções de maior dinamismo da inteligência e aexpansão deste tipo de característica.Em termos de intervenção nos contextos educativos, será importante promover práticasde ensino em que seja mais valorizado o esforço pessoal e a mestria, enfatizando o caráterdinâmico da inteligência.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202262324
URI: https://hdl.handle.net/10216/121040
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
341606.pdfDa definição concetual à diferenciação intercultural das conceções pessoais de inteligência: comparação entre estudantes portugueses e italianos405.79 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.