Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/119077
Author(s): Mariana Martins Rodrigues
Title: O escutismo na construção das cidadanias juvenis: estudo sobre educação e participação de jovens escuteiros e escuteiras
Issue Date: 2019-02-21
Description: A educação para a cidadania (EC) adquiriu o estatuto de prioridade há mais de 30 anos, contudo, ainvestigação e as políticas, a diferentes níveis, continuam a problematizar os baixos níveis deconhecimento, interesse e participação cívica e política dos cidadãos/ãs, particularmente dos/as maisjovens. Reconhecendo a centralidade da escola neste domínio, importa lembrar que a EC não se resumeao que acontece no contexto escolar, envolvendo outros contextos sociais, já que se aprende ademocracia nas interações e experiências que se estabelecem nas práticas e processos quotidianos, tendoem conta a sua qualidade. Desde 1923, o Corpo Nacional de Escutas (CNE) é um dos maiores contextosde educação não-escolar em Portugal, contando em 2012 mais de 71000 crianças, jovens e adultosassociados. Apesar da sua relevância, carecemos de investigação que produza conhecimento sobre asexperiências de vida dos/as jovens envolvidos/as no escutismo, enquadrando o papel do contextoassociativo e educativo do CNE na promoção da EC e no desenvolvimento sociopolítico de jovens.Através de uma abordagem metodológica mista, envolvendo métodos quantitativos (inquéritos porquestionário) e qualitativos (observação, análise documental, diários de bordo e entrevistas) este projetode investigação procurou: i) descrever as condições estruturais e processuais de enquadramento da EC naorganização escutista; ii) descrever a população de jovens escuteiros/as, entre 14 e 22 anos, explorandocaracterísticas quer sociodemográficas e desenvolvimentais, quer percepções individuais sobre asexperiências dentro e fora escutismo; e iii) analisar a relação longitudinal entre características pessoais econtextuais do CNE, e de outros contextos envolventes (família, pares e media) no empoderamentopsicológico juvenil. Globalmente, os resultados revelam: i) o modo como a cultura organizacional eeducativa da associação escutista condiciona as concepções e experiências juvenis de cidadania,democracia e política; ii) os efeitos da qualidade das experiências de participação dos/as jovensescuteiros/as nas suas trajetórias desenvolvimentais de empoderamento cognitivo, emocional,comportamental e relacional, que superam as influências exercidas por variáveis sociodemográficas; e iii)a combinação de caraterísticas da associação escutista, da família, dos pares e dos media que indica nãosó a interdependência entre os vários contextos educativos, mas também que as experiências que estesproporcionam afetam os comportamentos de participação juvenis de diferentes modos e intensidades aolongo do tempo. Esta investigação contribuiu para o aprofundamento do conhecimento sobre a EC comque o CNE está comprometido, explorando os contributos do escutismo na aprendizagem democrática evivência cidadã de jovens. Futuramente, será interessante não só expandir o estudo longitudinal notempo, como também analisar este contexto e estes/as jovens recorrendo a métodos etnográficos.
Subject: Ciências da educação
Educational sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Ciências da educação
Social sciences::Educational sciences
TID identifier: 101436351
URI: https://hdl.handle.net/10216/119077
Document Type: Tese
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
315985.pdf
  Restricted Access
O escutismo na construção das cidadanias juvenis: estudo sobre educação e participação de jovens escuteiros e escuteiras5.56 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.