Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/116830
Author(s): Ana Filipa Teixeira Nunes de Freitas
Title: Percursos e significados dos/as psicólogos/as sobre a intervenção feminista em mulheres vítimas de violência
Issue Date: 2018-11-15
Description: A temática da violência contra as mulheres revela-se um problema bastante atual emPortugal. Apesar do que as lutas feministas foram conquistando ao longo dos tempos, aindahá muito trabalho a fazer para entender a perceção que em Portugal existe sobre umaintervenção de cariz feminista associada às intervenções que se realizam na área da violênciacontra as mulheres. Os estudos mostram que os preconceitos que a sociedade apresenta sobreo género (e.g., discursos sexistas) legitimam práticas sexistas, nomeadamente, a violênciacontra as mulheres, mais propriamente na intimidade. Assim, o objetivo do estudo écompreender como os percursos e os significados dos/as os/as psicólogas são construídos noâmbito da intervenção com as mulheres vítimas de violência na intimidade, auscultando emparticular a intervenção psicológica feminista.Deste modo, realizaram-se entrevistas semiestruturadas a 11 psicólogos/as (7 do sexofeminino e 4 do sexo masculino), com idades compreendidas entre os 26 e os 46 anos, eanalisada através da análise temática, segundo Braun e Clarke (2006, 2013). Da análiseemergiram 4 temas - perceções de género nas relações de violência; perceções e experiênciassobre a intervenção com vítimas de violência; constrangimentos sentidos pelos/asprofissionais à intervenção com vítimas de violência; e perceções e vivências da intervençãofeminista. Estes temas aparecem interligados, possibilitando contruir uma narrativa dosdados em volta dos percursos e significados da psicologia na intervenção com vítimas deviolência.Uma das principais conclusões extraída da informação recolhida foi que os/asparticipantes demonstram que, na intervenção realizada por eles/as, pode assumir váriosmodelos, mas mesmo sem designação, apresenta uma perspetiva feminista, demonstrando aimportância de assumir um posicionamento feminista na intervenção com mulheres vítimasde violência. Também conclui-se que as sociedades ao subalternizarem as mulheres aoshomens possibilizam a construção de narrativas de "normalização/naturalização" da própriaviolência contra as mulheres.Desta forma, esta dissertação pretende aprofundar a reflexão crítica que os/aspsicólogos/as que trabalham com vítimas apresentam acerca do seu trabalho, assim comopercecionam as suas intervenções na sociedade atual. Este trabalho permitirá, assim,contribuir para a desconstrução dos discursos sexistas que tendem a reproduzir e a naturalizara violência contra as mulheres em Portugal.
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202152383
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/116830
Document Type: Dissertação
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
298892.pdf
  Restricted Access
Percursos e significados dos/as psicólogos/as sobre a intervenção feminista em mulheres vítimas de violência763.54 kBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.