Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/113704
Author(s): Sara Isabel da Silva Madanços
Title: "O azul é cor de meninos e o cor-de-rosa é cor de meninas": a igualdade de género em idades pré-escolares
Issue Date: 2018-07-30
Description: A presente dissertação de mestrado tem como objetivo demonstrar, de forma fundamentada e reflexiva, se a igualdade de género se encontra presente ou ausente na educação de crianças com idades pré-escolares. Nestas idades, as crianças já adquirem comportamentos consoante o seu género, ou seja, já aprendem a diferenciar papéis sociais atribuídos ao masculino e ao feminino.O referencial teórico apresenta conceitos relacionados com a igualdade de género, tais como este mesmo conceito, o de género, o de sexo e o de estereótipos de género. Sendo a educação pré-escolar, o ensino formal escolhido para análise, abordamos, também, este nível de educação, referindo os espaços presentes, a linguagem predominante, os recursos pedagógicos e didáticos e se o conceito de igualdade de género se encontra presente ou ausente nesta educação formal. Abordar as questões feministas, abrangendo a construção sócio histórica do sujeito mulher e as lutas percorridas para que as mulheres tenham iguais direitos que os homens, constitui também parte deste referencial.Para percebemos a presença ou ausência da igualdade de género em idades pré-escolares foram realizadas duas observações semanais a dois jardins-de-infância e uma análise a dois manuais infantis: Elfi da Porto Editora e As Aventuras de João & Maria da Editora Educação Nacional.Nesta dissertação, adoptou-se uma metodologia qualitativa, pela utilização da técnica da observação-participante e da análise de manuais infantis pré-escolares. Estes dois procedimentos permitiram recolher um conjunto de resultados que nos levaram a perceber se a igualdade de género e os estereótipos se encontram presentes ou ausentes nestas idades.Os resultados obtidos evidenciam a existência de desigualdades de género em idades pré-escolares ao nível dos espaços do jardim-de-infância, nas atividades existentes, nos manuais/livros/histórias, nos brinquedos estereotipados, na linguagem escolhida, nas cores, nas profissões, na imagem feminina e masculina, no papel das profissionais e na família. Apesar disto, alguns são os sinais de mudança que mostram que esta realidade começa a ser alterada.
Subject: Ciências da educação
Educational sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Ciências da educação
Social sciences::Educational sciences
TID identifier: 201969939
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/113704
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
276522.pdf"O azul é cor de meninos e o cor-de-rosa é cor de meninas": a igualdade de género em idades pré-escolares1.53 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.