Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/9858
Author(s): Pilar, José Eduardo Regado
Title: Efeitos da suplementação de aminoácidos de cadeia ramificada em nadadores
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 2004
Abstract: O presente estudo pretendeu estudar os efeitos da suplementação de aminoácidos de cadeiaramificada (AACR) em nadadores.As hipóteses formuladas em relação ao grupo experimental comparativamente ao grupo decontrole, foram que a suplementação de AACR: (i) melhora significativamente as performancescompetitivas; (ii) induz rácios mais elevados de leucina, isoleucina e valina em relação aotriptófano; (iii) atenua os índices de fadiga central.A amostra do presente estudo foi formada por vinte nadadores com idades compreendidasentre os 15 e os 18 anos, do sexo masculino e feminino, divididos em dois grupos, grupo decontrolo e grupo experimental. Todos os nadadores da amostra são atletas de umacredenciada equipa da primeira divisão nacional, e pertencem aos escalões G1, G2 e juniores.Os dados foram recolhidos em dois momentos, inicial e após 40 dias de suplementação deAACR, foram constituídos por alguns indicadores sanguíneos e de performance. Osindicadores de performance consistiram numa prova simulada de 400m de natação eexercícios de força inespecífica realizados em ginásio.Da análise dos resultados verifica-se que os dois grupos melhoraram significativamente(p 0.05) alguns dos indicadores de força inespecífica o que indicia o efeito cumulativo do treinoque nada terá a ver com a suplementação. Os indicadores antropométricos não sofreramalterações significativas em qualquer dos grupos o que indicia a estabilidade da composiçãocorporal em atletas com elevado nível de treino. Embora sem significado estatístico, o grupoexperimental melhorou (-4.46 segundos) o tempo na prova de natação. A análise dosindicadores sanguíneos permitiu verificar a não existência de diferenças significativas entre osdois grupos e nos dois momentos em relação aos valores médios dos AACR. Embora se tenhaverificado um aumento na taxa sanguínea de triptófano no grupo experimental o que odiferencia significativamente (p 0.05) do grupo de controle no segundo momento de análise, aan ...
Description: Dissertação de Mestrado em Ciência do Desporto, área de especialização em Desporto para Crianças e Jovens, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/9858
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
5160_TM_01_C.pdfVolume 01 Cores38.66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
5160_TM_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco7.57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.