Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/9820
Author(s): Valentão, Patrícia Carla Ribeiro
Title: Limonete, Hipericão-do-Gerês, Cardo-do-Coalho, Fel-da-Terra : Metodologias de controlo de qualidade com base na fracção fenólica : Estudos de acção antioxidante e hepatoprotectora
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 2002
Abstract: Neste trabalho foram estudadas quatro espécies medicinais de grande consumo em Portugal: Lippia citriodora (Limonete), Hypericum androsaemum (Hipericão-do-Gerês), Cynara cardunculus (Cardo-do-Coalho) e Centaurium erythraea (Fel-da-Terra).Embora a caracterização química do Limonete e do Fel-da-Terra, definida em Farmacopeias, seja feita através da detecção de compostos terpénicos, foi objectivo deste trabalho propor metodologias para controlo de qualidade de cada uma das quatro espécies, baseadas nos seus perfis fenólicos. Cada espécie foi extraída por diversos solventes e os extractos obtidos foram analisados por CLAP acoplado a um detector de díodos. Para estabelecer o perfil fenólico é proposto o extracto que fornece o maior número de compostos identificados.O extracto etéreo de Limonete é caracterizado pela presença de luteolina, nepetina, hispidulina, jaceosidina, cirsimaritina, cirsilineol e eupatorina. Todas as amostras revelaram um perfil fenólico comum, no qual a hispidulina e a jaceosidina são os compostos maioritários e a nepetina o composto existente em menor quantidade. O extracto metanólico de Hipericão-do-Gerês é caracterizado pela presença dos ácidos 3- e 5-O-cafeoilquínicos, quercetina 3-O-sulfato, quercetina 3-O-galactósido, quercetina 3-O-glucósido, quercetina 3-O-arabinósido, quercetina 3-O-ramnósido, quercetina, kaempferol e de derivados do floroglucinol, que não foram identificados. Contudo, a quantificação dos diversos compostos revelou quatro perfis distintos, facto que pode indicar a existência de diferentes quimiotipos intraespecíficos. O extracto metanólico de Cardo-do-Coalho é caracterizado pela presença dos ácidos 3-, 4, e 5-O-cafeoilquínicos, ácido cafeico, ácidos 1,3-, 3,4-, 3,5-, 1,5- e 4,5-O-dicafeoilquínicos, luteolina 7-O-glucósido, apigenina 7-O-glucósido e luteolina, sendo os ácidos 5-O-cafeoilquínico e 1,5-O-dicafeoilquínico os compostos mais abundantes. No caso do Fel-da-Terra foi necessário proceder ao isolamento e determinaç ...
Description: Dissertação de Doutoramento em Farmacognosia apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/9820
Document Type: Tese
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4430_TD_01_C.pdfVolume 01 Cores72.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
4430_TD_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco16.78 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.