Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/91877
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAdélio A. S. C. Machado
dc.date.accessioned2019-02-07T07:28:27Z-
dc.date.available2019-02-07T07:28:27Z-
dc.date.issued2010
dc.identifier.issn0870-1180
dc.identifier.othersigarra:49033
dc.identifier.urihttps://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/91877-
dc.descriptionDiscute-se sumariamente o desastre de Bhopal, o maior acidente tecnológico da história, ocorrido há um quarto de século (1984), numa instalação de fabrico do herbicida carba-rilo, chamando a atenção para a sua utilidade como um caso de estudo que pode servir de ponto de partida para o desenvolvimento de variados temas no ensino da química, no campo da segurança, mas não só. Depois, mostra-se que a causa última do acidente foi a substituição do processo de síntese do carbarilo usado inicialmente, por outro que envolvia a produção de um composto intermediário muito perigoso (o isocianato de metilo) - o que, em termos actuais, na postura da Química Verde, constitui um retrocesso químico.
dc.language.isopor
dc.rightsrestrictedAccess
dc.subjectEngenharia química
dc.subjectChemical engineering
dc.titleO desastre de Bhopal no contexto da Química Verde: a sua última causa: um retrocesso
dc.typeArtigo em Revista Científica Nacional
dc.contributor.uportoFaculdade de Ciências
dc.subject.fosCiências da engenharia e tecnologias::Engenharia química
dc.subject.fosEngineering and technology::Chemical engineering
Appears in Collections:FCUP - Artigo em Revista Científica Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
49033.pdf
  Restricted Access
1.69 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.