Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/90579
Author(s): Nezilda Jacira Lourinho de Campos
Title: O assassinato da irmã Dorothy Stang. Estado, vítima e fazendeiros: A quem cabe a culpa? Os limites da racionalidade jurídico-positiva diante dos poderes simbólico e semântico: Um olhar sociológico sobre os "julgamentos dos culpados" no caso de Dorothy Stang
Issue Date: 2017-01-09
Subject: Outras humanidades
Other humanities
Scientific areas: Humanidades::Outras humanidades
Humanities::Other humanities
TID identifier: 101572441
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/90579
Document Type: Tese
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FLUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
172221.1.pdf
  Restricted Access
O assassinato da irmã Dorothy Stang. Estado, vítima e fazendeiros: A quem cabe a culpa? Os limites da racionalidade jurídico-positiva diante dos poderes simbólico e semântico: Um olhar sociológico sob93.74 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)
172221.pdf
  Restricted Access
O assassinato da irmã Dorothy Stang. Estado, vítima e fazendeiros: A quem cabe a culpa? Os limites da racionalidade jurídico-positiva diante dos poderes simbólico e semântico: Um olhar sociológico sob2.32 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.