Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/86971
Author(s): Veloso, João
Title: Viagens sem Literatura: as primeiras migrações das primeiras paleolínguas
Issue Date: 2016
Abstract: The origins of human language were officially banned, for over one century, from the scientific debate among linguists. Nevertheless, this issue which has never been forgotten in domains such anthropology, evolutionary biology or archeology, among others has returned into the linguistics agenda. Perhaps the most fascinating question arising from this debate has to do with how did language evolve from the primeval protolanguages and how did languages reach each inhabited place on earth. Paleo-historic and paleolinguistic evidence show us that, in the first millennia of hominization, Homo was an errant species, always carrying the most species-specific human property. It is possible to assume, thus, that, much before the great epics glorifying the most well-known human expeditions, several ancestral migrations, not registered by any historical recordings, took place. These made languages possible and, therefore, they may be seen as the most remote predecessors of literature.
Description: A origem da linguagem na espécie humana foi, durante mais de um século, um tema oficialmente banido da abordagem científica da linguística. Mais recentemente, o assunto que nunca foi abandonado por áreas disciplinares como a antropologia, a biologia evolutiva e a arqueologia, entre outras tem voltado a ocupar um lugar importante na agenda científica dos linguistas. Da investigação neste domínio, uma das questões mais fascinantes e intrigantes de todas é a seguinte: como se deu a expansão das primeiras protolínguas até todos os recantos habitados hoje pelo Homem. Evidências paleo-históricas e paleolinguísticas de que, nos primeiros milénios da hominização, o Homem foi uma espécie itinerante, levando com essa itinerância o que há de mais intrínseco e distintivo da espécie, oferecem-nos atestações convincentes. Assim, podemos ter um elevado grau de certeza de que, antes das grandes epopeias glorificadoras das viagens humanas, migrações heroicas, longínquas e muito remotas, das quais não reza a história (nem a literatura), propagaram aquilo que viria a tornar as literaturas possíveis.
Subject: Ciências da linguagem, Línguas e literaturas
language sciences, Languages and Literature
Scientific areas: Humanidades::Línguas e literaturas
Humanities::Languages and Literature
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/86971
Document Type: Artigo em Revista Científica Nacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Revista Científica Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
160808.pdf909.45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.