Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/86550
Author(s): Mariana Ferreira da Silva
Title: O "quarto" ocupado. Relatos de intimidade na arquitectura
Issue Date: 2016-11-03
Abstract: The current dissertation promotes an investigation and critical approach to the study of the object "house", while being confronted with its inhabitant. All the knowledge that was acquired throughout the five years of the Master in Architecture has encouraged one personal interest: the dynamics associated to the process of spatial appropriation and contamination by Man. This subject is investigated through a proposed method; apart from the thorough study of the theme, we are also interested in the possibility of incorporating this method in our daily basis work.The narrative is based on a line of thought that is established through a pretext, a context, an investigation and, finally, an intersection. The first one limits the area of study, setting the beginning of the investigation. Then, the context explores the variety of concepts implied on the process of decoding architectural experience (appropriation, intimacy, individualization, privacy, dependence, exibility), while building a frame of images and observations that allow us to look into the house as a storage of different spaces, which differ from dweller to dweller. Here, we introduce some essential authors and references for the subject. The investigation sets the "room" as the starting point for the analysis, where eight different rooms previously occupied by the author are presented, only through its personal experience, while exploring its way of inhabiting. This dissection starts by defining some essential parameters that allow us understand the relationship between Man and space: use (proposed vs. experimented), spatial limits, variations and changes in appropriation, period of stay, and its relation with the public and private spheres.At last, the content of the previous chapters shall overlap and intersect the various narratives (the author's occupations vs. other authors's occupations), crossing them with the themes and concepts discussed throughout the dissertation, in order to identify common traits that contribute to the phenomenon of architectural appropriation.
Description: A presente dissertação promove uma investigação e aproximação crítica ao estudo da casa, partindo do seu confronto com o habitante. De uma inquietação pessoal (o pretexto), exaltada pela injecção de conhecimento que fui adquirindo ao longo do Mestrado Integrado em Arquitectura, surge o interesse pelas dinâmicas associadas ao processo de apropriação e contaminação do espaço pelo Homem, investigadas agora a partir de um método. Interessa-nos, para além do estudo aprofundado do tema, o ensaio deste método.A construção desta narrativa assenta, então, numa linha de pensamento que se estabelece através de um pretexto, um método, um contexto, uma investigação e uma intersecção. No primeiro, onde se marca o território de estudo, de ne-se o ponto de partida para a investigação. Segue-se o contexto, onde se aprofundam os vários conceitos implícitos no processo de descodificação da vivência da arquitectura (apropriação, intimidade, individualização, privacidade, dependência, exibilidade), procurando-se construir um corpo de imagens e observações que permitam "olhar" para dentro da casa, como contentor de diferentes espaços, que diferem de habitante para habitante. Aqui, introduzem-se vários autores que constituem um quadro de referências essencial para identificar as diferentes ocupações em contextos distintos. Na investigação fixa-se o quarto como ponto de partida para a análise, onde se apresentam oito casos de estudo ocupados pela autora que, através da experiência pessoal, explora a sua forma de habitar em cada um deles. Esta dissecação é feita através da separação de vários pontos que se consideram essenciais na compreensão do espaço e da sua relação com o habitante: o uso (projectado vs. experimentado), os limites do espaço, as variações ao longo da apropriação, a permanência, a sua relação com a casa e com o mundo.Por fim, a intersecção permite cruzar de forma mais assertiva os vários relatos (ocupações da autora vs. ocupações de outros autores), relacionando-os com os temas estudados ao longo do contexto, numa tentativa de identificar características comuns que influenciem o fenómeno da apropriação na arquitectura.
Subject: Artes
Arts
TID identifier : 201545586
URI: http://hdl.handle.net/10216/86550
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
158921.pdfO "quarto" ocupado. Relatos de apropriação na arquitectura3.95 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.