Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/86267
Author(s): Ramos, Rui
Marques, Maria Aldina
Title: Traços de didaticidade em artigos de divulgação científica mediática : o caso de uma edição especial "verde" da revista Visão
Issue Date: 2016
Abstract: Since 2007, on an annual basis, the weekly general information magazine Visãopublishes a ¿green¿ edition, dedicated to environmental issues.This study examines the occurrence and functions of reformulation mechanisms identifiable inthe texts or textual segments of science popularization present in the 2014 and 2015 editions ofthis magazine.Firstly, it elaborates on the hypothesis that genre characteristics of the analysed discourse (thediscourse of public communication of science through the media) favour their occurrence atthe service of referenciation and that they have implications for the construction of the image of the interlocutors, and also for the interlocutive relationships established in / by text/discourse.Secondly, the study considers the texts under analysis marked by weak didacticity, which derivedprimarily from the communicative situation and from the communicative goals the textshave. It also recognizes the importance that the discourse of science (in its popularization feature)assumes relating to the theme in question and the textual organization adopted.The consideration of global data suggests that the reformulation is present without being a centralfeature. The reformulation markers are identifiable and they are productive. However, mostreformulation operations occur without any reformulation discourse markers.
Description: Desde 2007, com periodicidade anual, a revista de informação generalista semanalVisão publica uma edição ¿verde¿, dedicada a questões ambientais.O presente estudo analisa a ocorrência e as funções dos mecanismos de reformulação identificáveisnos textos ou segmentos textuais de divulgação científica presentes nas edições de2014 e 2015 desta revista. Parte, em primeiro lugar, da hipótese de que as características dogénero em análise, o discurso de divulgação científica mediática, propiciam a sua ocorrência aoserviço, nomeadamente, da referenciação e têm implicações na construção quer das imagensdos interlocutores, quer das relações interlocutivas que se estabelecem no e pelo texto/discurso.Considera, ainda, os textos em análise marcados por didaticidade fraca, que decorre essencialmenteda situação e dos objetivos comunicativos. Reconhece, igualmente, o relevo que o discurso da ciência(na sua vertente de divulgação) assume em relação à temática em causa e à organização textual adotada.A consideração dos dados na sua globalidade permite afirmar que a reformulação está presente, semser um recurso central. Os marcadores de reformulação são identificáveis e são produtivos. Contudo,a maior parte das operações de reformulação ocorre sem marcador de reformulação discursiva.
URI: http://hdl.handle.net/10216/86267
Document Type: Artigo em Revista Científica Internacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Revista Científica Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
167465.pdf448.56 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.