Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/84818
Author(s): João Miguel Oliveira Felgueiras
Title: Largo da Estação: Uma Simbiose de Temporalidades. O Sistema de Espaços Colectivos no Tecido Urbano da Vila de Monção
Issue Date: 2015-11-03
Abstract: The fragmented and discontinuous condition that marks the image of the contemporary city represents a main "paradigm" of various disciplines underlying the organization of this "social ecosystem", from architecture to urban planning, through the anthropological domain that "challenges" its current state. Materialized in a public space mangled and a reluctant urban landscape, the contemporary context demands the perfect symbiosis between the "theoretical discourse and practice of public space design as a key component in structuring the city".By studying the collective spaces system in the urban texture of the Monção village what we want is more than identify the weaknesses of an urban texture, aware that the city, "living organism" which interact with multiple physical and cognitive dimensions define a social standard, should be planned, learned and contemplated as a single unit (homogeneous texture) and not as a result of the joint and the juxtaposition of parts and isolated concepts.At the same time, we seek to "feed" the nuclear condition of public space in the composition of the city, pointing out the different areas that identify it beyond the materiality captured by the sense organs, "the place of relationship and identification, of contact between people, of urban animation, and sometimes community expression ". We emphasize, as well, the inseparable relationship of both themes (city and public space), a research that seeks to elucidate, from the intervention the "contemporaryheritage", the need to (re) think the models and intervention strategies city.In these circunstances, the Largo da Estação, part of the collective system of spaces in the urban texture of the Monção village, matches the empirical space of reflection (case study). Of particular position in the village plot, the place of transition between the confined space inside the fortress to the north, and contemporary urbanization, south, it shows the profile of a nuclear atmosphere in the urban continuity premised between the forms that organize around it. In this sense, we use the Urban Project as a tool to materialize an urban strategy in response to the "obstacles" and opportunities that the disappearance of the way of the railroad sparked through a design where "things are and harmonize".In short, this thesis questions the concept and the image of the contemporary city through the reading of a past perpetuated in the present forms and debate the nature of public space as a "key element of the shape of the city".
Description: A condição fragmentada e descontínua que assinala a imagem da cidade contemporânea traduz um dos principais "paradigmas" das várias disciplinas subjacentes à organização deste "ecossistema social", desde a arquitetura ao urbanismo, atravessando o domínio antropológico que "interpela" o seu estado atual. Materializado num espaço público desconfigurado e numa paisagem urbana reticente, o contexto contemporâneo reclama a perfeita simbiose entre o "discurso teórico e a prática do projeto do espaço público como componente fundamental na estruturação da cidade".Através do estudo do sistema de espaços coletivos no tecido urbano da vila de Monção o que pretendemos é, mais do que identificar as debilidades de uma textura urbana, consciencializar de que a cidade, "organismo vivo" onde interagem as múltiplas dimensões físicas e cognitivas que definem um padrão social, deve ser planeada, apreendida e contemplada como uma só unidade (um tecido contínuo) e não como o resultado da articulação e da justaposição de peças e conceitos isolados.Paralelamente, procuramos "alimentar" a condição nuclear do espaço público na composição da cidade, frisando os diferentes domínios que o identificam além da materialidade captada pelos órgãos sensitivos: "o lugar de relação e identificação, de contacto entre pessoas, de animação urbana, e por vezes de expressão comunitária". Enfatizamos, assim, a relação indissociável de ambos os temas (cidade e espaço público), numa investigação que procura elucidar, a partir da intervenção sobre o legado contemporâneo, para a necessidade de (re)pensar os modelos e as estratégias de intervenção na cidade.Nestas circunstâncias, o Largo da Estação, integrado no sistema de espaços coletivos no tecido urbano da vila de Monção, corresponde ao espaço empírico de reflexão (caso de estudo). De posição particular na trama da vila, o lugar de transição entre o espaço confinado ao interior da fortaleza, a norte, e a urbanização contemporânea, a sul, evidencia o perfil de uma atmosfera nuclear à continuidade urbana estabelecida como premissa entre as formas que se organizam em seu redor. Neste sentido, utilizamos o Projeto Urbano como instrumento para materializar uma estratégiaurbana em resposta aos "obstáculos" e às oportunidades que o desaparecimento do caminho-de-ferro despertou, através de um desenho onde "as coisas se encontram e se harmonizam".Em suma, a presente dissertação questiona o conceito e a imagem da cidade contemporânea através da leitura de um passado perpetuado nas formas do presente e debate a natureza do espaço público enquanto "elemento determinante da forma da cidade".
Subject: Artes
Call Number: 37811
URI: http://hdl.handle.net/10216/84818
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
37811.pdfLargo da Estação: Uma Simbiose de Temporalidades. O Sistema de Espaços Colectivos no Tecido Urbano da Vila de Monção145.46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons