Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/81932
Author(s): Pilar Daniela Ferreira Gordillo
Title: Intervenção mínima. Quando menos é suficiente
Issue Date: 2015-11-02
Abstract: An architectural design is not only complex, but has also become increasinglyinterdisciplinary. In this sense, it was considered interesting to interpret the process ofreduction, not for aesthetic and formal purposes, but rather as an exercise which aims to finda balance between the various design decisions. A process which in turn minimizes the usedresources and the negative impacts on the environment and still maximizes the design quality.Given that the theme of sustainability is often recurrent and promoted through theMedia, the realization on how this concept could be applied in the architecture field wasfound to be appealing. If one of the objectives of sustainable development is the reduction ofresource consumption and negative impacts on the environment, it is questioned the possibilityof and how, the application of minimum intervention principles is able to express a greaterenvironmental, social and economic awareness.Throughout this dissertation various forms of approach to the topic and research linesare outlined advocating the rational use of resources and built environment. The outcomestands up for the minimum intervention and the economy of means in rehabilitation, throughstudy-cases of common housing with heritage values in Porto.
Description: Um projecto de arquitectura não só é complexo como também se tem tornado cadavez mais interdisciplinar. Nesse contexto, considerou-se interessante interpretar o processode redução, não para fins estéticos e formais, mas sim como um exercício que visa encontraro equilíbrio entre as várias decisões de projecto. Um processo que por sua vez minimize osrecursos usados e o impacto negativo no ambiente e ainda maximize a qualidade de uma obra.Tendo em conta que o tema da sustentabilidade é cada vez mais recorrente e mediatizado,considerou-se interessante compreender de que forma poderia ser aplicado na arquitectura. Seum dos objectivos do desenvolvimento sustentável é a redução de consumo de recursos e dosimpactos negativos, questiona-se se é possível, e de que forma, que a aplicação dos princípiosda intervenção mínima exprima uma maior consciência ambiental, social e económica.Ao longo do trabalho são traçadas diversas formas de aproximação ao tema e linhasde investigação, em que se advoga o uso racional dos recursos e do construído. Defende-sea intervenção mínima e economia de meios na reabilitação, através do estudo de casos dehabitação corrente com valores patrimoniais na cidade do Porto.
Subject: Artes
Arts
TID identifier : 201546167
URI: http://hdl.handle.net/10216/81932
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
37672.pdfIntervenção mínima. Quando menos é suficiente35.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons