Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/81642
Author(s): Oliveira, Ana
Bateira, Carlos
Soares, Laura
Faria, Ana
Fernandes, Joana
Hermenegildo, Carlos
Teixeira, Manuel
Gonçalves, José
Title: Estabilidade de taludes em terraços agrícolas na Região Demarcada do Douro : modelação de base estatística
Issue Date: 2015
Abstract: The evaluation of the slope instability in agricultural terraces in the Douro Region (Quinta das Carvalhas) was done by two statistical based methods - Logistic Regression and Information Value Method based on the statistical correlation between the occurrences (dependent variable) and the conditioning factors (independent variables). As conditioning factors were considered the slope, curvature and aspect, contributing areas, the relative humidity, the slope of the agricultural terrace riser and land use. The variables related with the agricultural terraces structures and land usewere obtained by vectorization based on orthophotomap with a resolution of 50 cm. The field camping carried out 329 instability record points.Two scenarios were considered through two elevation models (with a resolution of 5 meters) constructed with different base information: one from contours (scale 1: 25,000) with contour interval of 10 m, spot heights and 3D hydrographic network, and another from aerial photographs with a resolution of 50 cm. 50% of the inventory was used in the modelling and the other half was used to validate with the use of contingency tables. The DTM A Information Value method has the best validation with a value of 5:22 in relation True Positive Rate (TPR)/False Positive Rate (FPR).
Description: Para a avaliação da instabilidade de vertentes em terraços agrícolas na Região Demarcada do Douro (Quinta das Carvalhas) foram aplicados dois métodos de base estatística - Regressão Logística e Valor Informativo que se fundamentam na correlação estatística entre as ocorrências (variável dependente) e os fatores condicionantes (variáveis independentes). Como fatores condicionantes foram considerados o declive, a curvatura e a exposição, as áreas contributivas, a humidade relativa, o declive do talude em terra e a ocupação do solo. As variáveis armação do terreno e uso do solo foram obtidas através da vetorização com base no ortofotomapacom uma resolução de 50 cm. Foi efetuado o levantamento das ocorrências que resultou num registo de 329 situações de instabilidade. Foram feitos dois cenários com a utilização de modelos digitais de elevação (comresolução de 5 m) construídos com informação de origem diferente: um a partir da altimetria (à escala de 1:25000) com equidistância das curvas de nível de 10 m, pontos cotados e rede hidrográfica (MDT A), e outro a partir de fotografias aéreas com resolução de 50 cm (MDT B). 50% do inventário foi utilizado na modelação e a outra metade foi utilizada na validação com recurso às tabelas de contingência. Daqui verificamos que o Valor Informativo com o MDT A apresenta a melhor validação com um valor de 5.22 na relação True Positive Rate (TPR)/False Positive Rate (FPR).
Subject: Humanidades
Humanities
Scientific areas: Humanidades
Humanities
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/81642
Source: VII Congresso Nacional de Geomorfologia: Geomorfologia 2015
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FCUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional
FLUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
107741.pdf619.02 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons