Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/80327
Author(s): Simão Costa de Oliveira
Title: A casa corrente do Porto. Um estudo e projecto de reabilitação.
Issue Date: 2013-11-13
Abstract: Porto's current reality confirms the tendency, wich we've been gradually verifying,of its population moving and concentrating in the more peripheral areas of the city.Heading the places where this abandonment is stronger are the city's historical areas,when defined by its medieval wall and main developing streets. As a consequence,there's been an exponencial degradation of the city's historical housing, the imageof a constructive and typological matrix widely spread throughout the city during aperiod of strong urban development. As so it happens, these traditional housing modelsstrongly show their incompatibility with the current society's living standards,so distant from the past and so reflective of the contemporary way of living. We aretalking about the typological changes in regards of the social evolutions; the programmaticevolutions that reflect the functional redistribution of the living scheme;the technological innovations that provide and demand new confort conditions inthe houses interiors. The social, programmatic and technological parameters thatweigh in the process of choosing a person's house have changed and, as a result, thehistorical model must try to adapt itself to these changes. As a result, the contemporaryinterventions in the existing patrimony should try to reinvent and modernize itwhile still respecting its heritage, saving what is important and innovating where it'sneeded. It is essencial that we realize this situation and take measures regarding itsreversion. It is fundamental to take the reins in the process of preserving, reinventingand modernizing our housing heritage before we reach the point of no return.Therefore, the theme that we will be approaching presents a growing pertinency inthe current urban, social and economical reality when we realize that, in the past fewdecades, Portugal has been one of the european countries that has most invested innew constructions, as oppose to being one that has least invested in the rehabilitationof its historical housing heritage. This cultural and economical waste could be foughtwith a much broader and systematic approach, and it is in this regard that we pretendthat the current study could firm itself as a strong foundation to backing this processof historical regeneration.
Description: A realidade atual da cidade do Porto confirma uma tendência que vem gradualmentea verificar-se de fuga da população e concentração em áreas mais periféricas da urbanidade.Encabeçando os locais onde este abandono populacional é mais evidenteencontram-se as áreas históricas da cidade, quando definidas pela cerca medievalintramuros e principais artérias de expansão além muralhas. Como consequência,tem-se verificado uma exponencial degradação do edificado tradicional portuense,identitário de uma matriz tipológica e construtiva generalizada por toda a cidadecomo imagem de um período histórico de forte expansão urbana. Ocorre, também,esses modelos tradicionais demonstrarem incompatibilidade com o modo de vidada sociedade atual, distinto do passado e tão caracterizador do processo de habitarcontemporâneo. Falamos pois, de transformações tipológicas fruto de evoluçõessociais, falamos de alterações programáticas com reflexo na redistribuição funcionaldo esquema de habitar, falamos da evolução tecnológica que possibilita e exigenovas condições de conforto no interior da casa. Os parâmetros sociais, programáticose tecnológicos que condicionam a escolha da habitação mudaram e, para tal,o modelo tradicional portuense deverá saber adaptar-se. Como tal, as modificaçõescontemporâneas no património existente devem ter como finalidade uma reinvençãoe revitalização equilibradas do território edificado, respeitando o passado, salvaguardandoo que é importante e inovando onde é necessário. A consciencializaçãodesta situação e a tomada de medidas tendo em vista a sua reversão torna-se, assim,essencial. É premente tomar as rédeas neste processo de preservação, reutilização econtemporanização do nosso património habitacional antes que atinjamos o ponto dairreversibilidade. Assim, o tema aqui abordado apresenta uma pertinência crescentena realidade urbana, social e económica atual quando se percebe que, nas últimasdécadas, Portugal foi dos países europeus que mais investiu em novas construçõese, pelo contrário, dos que menos investiu na reabilitação do seu edificado históricoconsolidado. Este desperdício cultural e económico pode ser combatido através deuma abordagem mais sistemática, pelo que, pretende-se que o presente estudo possaafirmar-se como uma base fundamentada de apoio a este processo de regeneraçãodo património.
Subject: Artes
Arts
TID identifier : 201546680
URI: http://hdl.handle.net/10216/80327
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
23442.pdfA casa corrente do Porto. Um estudo e projecto de reabilitação.274.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons