Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/80302
Author(s): Catarina de Oliveira Duarte Rodrigues
Title: Estratégias urbanas no concelho de Mesão Frio.
Issue Date: 2013-11-06
Abstract: Mesão Frio is located in the region of Trás-os-Montes and Alto Douro, in the districtof Vila Real. Its geographic and climatic conditions favored the development of viticulture,becoming the main activity of Mesão Frio and the Douro region. However, the wine andagriculture as a rural economy of production and subsistence, ceased to be the main source ofhousehold income, becoming the tertiary sector the main employer. While viticulture definedthe evolution and urban growth of Mesão Frio and built the landscape of the Alto Douro WineRegion, the non adaptation to an internationalized economy and the inefficient integration ofnetwork services, fundamental equipments and skilled labor, led into a constant decline of itspopulation mass and its capacity to retain human resources, especially young people. The agedstructure of the population, the dwindling number of youth, and the continuous decline of itsdemographic potential, also associated to the small size of the county, are the main obstaclesfaced, which, in part, are reflected in the structure of its territory, making hard the increaseof the life quality and better integration within the county. Thus, Mesão Frio is faced withan urban structure and functional deficit, caused by the reduced number of people potentiallyserved, being dependent on counties with greater attractiveness and competitiveness, whichare better served by infrastructure, and therefore, integrated in the country's fundamentalnetwork and specialized services. However, it is a county which presents strengths associatedto its integration into the Alto Douro Wine Region, World Heritage, being that, the adoptedstrategies for the preservation and enhancement of its landscape might help in restructuring andplanning its territory. Tourism is a sector that mainly aims, to increase investment and economiccompetitiveness through the promotion of this landscape which, besides the opportunity togenerate skilled employment, depends on the viticulture to self-sustain and justify. Therefore,strategies are increasingly focused on its strengthening and development as a way of structuringrepresentative areas of the Alto Douro Wine Region, many of which with negative socioeconomicindexes for over half a century and, therefore, they look at this economic sector as anopportunity to reverse this situation.
Description: O concelho de Mesão Frio localiza-se na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, no distritode Vila Real. As suas condições geográficas e climatéricas propiciaram o desenvolvimento davitivinicultura assumindo-se como a principal actividade de Mesão Frio e da região do Douro.Contudo, o vinho e a agricultura enquanto economia rural de produção e de subsistênciadeixou de ser a principal fonte de receita das famílias, tornando-se o sector terciário o principalempregador. Enquanto que a vitivinicultura definiu a evolução e crescimento urbano de MesãoFrio e construiu a paisagem do Alto Douro Vinhateiro, a não adaptação a uma economiainternacionalizada e a integração pouco eficaz na rede de serviços, equipamentos fundamentaise emprego qualificado, conduziram a um declínio constante da sua massa populacional e da suacapacidade de retenção de recursos humanos, especialmente jovens. A estrutura envelhecida dapopulação, o número cada vez menor das camadas jovens, e o declínio contínuo do potencialdemográfico associado também à dimensão reduzida do concelho são os principais obstáculoscom que se defronta e que, em parte, se reflectem na estruturação do território, dificultando oaumento da qualidade de vida da população e uma melhor integração territorial do concelho.Deste modo, Mesão Frio depara-se com uma estrutura urbana e funcional deficitária pelonúmero reduzido de pessoas potencialmente servidas, estando dependente de municípios commaior atractividade e competitividade, os quais estão melhor servidos de infra-estruturas e, porisso, integradas na rede fundamental do país, e de serviços especializados. No entanto, é umconcelho que apresenta potencialidades associadas à sua integração no Alto Douro Vinhateiro,Património Mundial, sendo que as estratégias adoptadas para a preservação e valorização dasua paisagem podem ajudar na reestruturação e ordenamento do seu território. O turismo é umsector que visa, sobretudo, incrementar o investimento e a competitividade económica atravésda promoção desta paisagem. Para além da oportunidade de gerar emprego qualificado, dependeda vitivinicultura para se sustentar e justificar, estando as estratégias cada vez mais centradasno desenvolvimento deste sector como forma de estruturar áreas representativas do Alto DouroVinhateiro, muitas das quais com índices socioeconómicos negativos há mais de meio século eque, por isso, vêem neste sector económico uma oportunidade de reverter este quadro.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 201543800
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/80302
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
23657.pdfEstratégias urbanas no concelho de Mesão Frio.135.46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons