Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/77268
Author(s): Francisco Neto Silva
Title: Entre conhecimento disciplinar e subjectividade individual. Condições de alojamento de projecto
Issue Date: 2014-11-05
Abstract: The work seeks a sense of opportunity for individual subjectivity in the current of disciplinary knowledge of architecture. For such aim, it seeks to know the architect I am resorting to a network of authors / works that marked my journey of learning. My experience of these works has given rise to contents that I carry of those places. These contents are images in my memory and in my imagination of the places lived.These places of memory and imagination are the materials that the work handles to organize in a structure I decided to call Arquitopia. All of them are centers (interiors), paths (passage ways) or enclosures (exteriors), giving rise to the three chapters of the work.
Description: ResumoO trabalho procura um sentido de oportunidade para a subjectividade individual na corrente do conhecimento disciplinar da arquitectura. Para tal, procura conhecer o arquitecto que sou servindo-se de uma rede de autores / obras que foram sendo marcantes do meu percurso de aprendizagem.A minha experiência dessas obras, por vezes vivida, por vezes estudada, foi dando origem conteúdos que transporto desses lugares. Estes conteúdos são imagens dos lugares vividos na minha memória e na minha imaginação.As matérias que este trabalho manipula são esses lugares de memória e de imaginação que se organizam numa estrutura a que decidi chamar Arquitopia. Todos eles são centros (interiores), caminhos (passagens) ou recintos (exteriores), dando origem aos três capítulos do trabalho. Cada capítulo está dividido de acordo com as funções que são desempenhadas por interiores, passagens e exteriores na organização do espaço e cada uma destas agrupa um conjunto de lugares que descrevem modos de as desempenhar.Centros são lugares que se configuram como sítios de referência, centrados e estáticos. Como tal, necessitam de fundar um núcleo que se descreve como dedicado à consagração ou investido de um prestígio. Em volta dele estabelece um âmbito em que se descrevem modos de assentamento do núcleo.Caminhos, como lugares alongados, com uma duração, necessitam de se dirigir a uma meta e conformar um modo e uma métrica para a sua duração. Descrevem-se três modos de se relacionarem com a meta, três modos da passagem e três métricas da duração.Recintos são exteriores, ambientes em que outras coisas coexistem. Como tal, gerem um espaço entre integridade e combinação. Integridade descreve-se como simpatia e espaçamento. Dois modos de combinação são descritos em justaposição e aglutinação.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 201544342
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/77268
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
33403.pdfEntre conhecimento disciplinar e subjectividade individual. Condições de alojamento de projecto45.56 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons