Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/64882
Author(s): Diana Maria Veloso e Silva
Title: Fatores individuais e familiares associados à obesidade pediátrica e ao sucesso de uma abordagem terapêutica
Issue Date: 2012-10-23
Abstract: Resumo da tese: A obesidade na criança e no adolescente surge atualmente como um dos grandes problemas de saúde pública à escala mundial (WHO, 2000; Lissau l, 2004). O rápido aumento da prevalência da obesidade pediátrica é suportado pelas grandes mudanças comportamentais sentidas nas últimas décadas. O acesso fácil a alimentos nutricionalmente desequilibrados e disponíveis em porções cada vez maiores, aliado à crescente inactividade, promove um ciclo de risco de desenvolvimento de obesidade desde os primeiros tempos de vida (Thompson JK, 2002; Foreyt JP, 1998). Embora possa haver uma predisposição genética na origem da obesidade, tal não será causa suficiente para explicar o rápido aumento que se tem verificado nas taxas de obesidade infantil nas últimas décadas. A prevalência crescente, entre populações geneticamente estáveis, indica que o ambiente, particularmente os fatores perinatais, possam estar subjacentes à epidemia da obesidade infantil (Ebbling CB, 2002). Também as mudanças comportamentais que levam ao acréscimo da ingestão de alimentos densamente energéticos, bem como os elevados níveis de sedentarismo, parecem ser fatores responsáveis pelo aumento da prevalência desta patologia em idade pediátrica (Gottesman MM, 2003). Ao longo da história da humanidade, verifica-se que a composição genética do ser humano foi seleccionada por processos evolutivos, de forma a sobreviver a longos períodos de fome. Atualmente, a maior disponibilidade de alimentos energéticos, aliada a uma diminuída tarefa física para obter bens alimentares, contraria, de certa forma, a vantagem da selecção genética, considerando os fatores ambientais determinantes neste âmbito (Arner P, 2000; Kopelman PG, 2000). A obesidade e os estilos de vida sedentários são consequência da evolução socioeconómica e cultural que decorreu no último século, particularmente desde a 2ª Guerra Mundial.
Description: Tese de Doutoramento em Ciências do Consumo Alimentar e Nutrição apresentada à Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, sob orientação de Prof. Dr. António José Mónica Guerra (Serviço de Pediatria do Centro Hospitalar São João) e coorientação de Dr.ª Carla Cristina Esteves Martins (Escola de Psicologia da Universidade do Minho).
Subject: Ciências da saúde
Health sciences
Scientific areas: Ciências médicas e da saúde::Ciências da saúde
Medical and Health sciences::Health sciences
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/64882
Document Type: Tese
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FCNAUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
23873.pdfFatores individuais e familiares associados à obesidade pediátrica e ao sucesso de uma abordagem terapêutica3.61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons