Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/57222
Author(s): Ana Silva Fernandes
Manuel Fernandes Sá
Rui Fernandes Póvoas
Title: Palafitas por terra: a arquitectura popular em São Tomé e Príncipe. Influências, sistemas construtivos e potencial para o desenvolvimento.
Issue Date: 2011
Description: Francisco Tenreiro [1961] aponta que "o tipo tradicional de habitação na ilha de São Tomé apresenta as seguintes características: ser de traça quadrangular, assentar em estacaria e inteiramente construída de elementos vegetais - tabuado, palha, nervura e andalas de certas palmeiras.". A suspensão do espaço habitável libertando-o do solo, embora não sendo a única solução, constitui uma opção adoptada com frequência em São Tomé, que Tenreiro descreve e ilustra [Figura 1], atribuindo esta característica às condições locais de implantação "por a maioria do casario inicial se ter levantado em região baixa e pantanosa na época das chuvas" . A necessidade de ventilação exigida pelo clima tropical, a protecção a animais (principalmente parasitas, como a matacanha) e a protecção da madeira às agressões climatéricas e xilófagas, constituem mais-valias da opção pela elevação da construção ao solo.As construções populares em São Tomé, moldadas pelos diferentes ciclos económicos e pela variável importância geoestratégica do arquipélago ao longo do tempo, pela estratificação social e étnica dos seus operadores e pelas influências de diferentes afiliações, são pontuadas de características cuja origem é difícil de determinar [Figura 2]. Mas a sua preponderância no contexto global do edificado é incontornável, não só pela extensa quantidade de exemplares pertencentes a este grupo , mas principalmente pela sua recorrente associação à escassez de recursos económicos e a um frágil contexto social.Com o objectivo de contribuir para um conhecimento mais aprofundado deste universo, procedeu-se a uma análise morfo-tipológica a várias escalas, numa abordagem cruzada de quantificação e de qualificação, que engloba uma leitura de largo espectro através de um exercício de detecção de padrões e tipologias na volumetria e configuração de uma amostra de edificações [Tabela 1], e ainda a reflexão em torno de aspectos pontuais, como estratégias adoptadas em elementos como suportes, estruturas, sistemas construtivos e materiais.Pretende-se, através deste estudo, identificar e discutir aspectos que possam contribuir para um desenvolvimento integrado, atento às condições locais e às necessidades contemporâneas, apontando potenciais e desafios aos papéis do Planeamento, da Arquitectura e da Engenharia.
Subject: Arquitectura, Estudos africanos, Estudos sobre o Terceiro Mundo, Engenharia civil, Construção civil, Artes
Call Number: 46280
URI: http://hdl.handle.net/10216/57222
Source: Proceedings CLME'2011 - 6º Congresso Luso-Moçambicano de Engenharia e IIICEM - 3º Congresso de Engenharia de Moçambique.
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
46280.pdfCLME'2011_resumo_Palafitas por terra_Fernandes et al297.67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons