Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/25380
Author(s): Maria Manuela Gomes de Azevedo Pinto
Title: Gestão da Informação e Preservação Digital : uma perspectiva portuguesa de uma mudança de paradigma
Issue Date: 2009
Abstract: This article presents a Portuguese perspective regarding information management and the specific field of "digital environment", based on the research and reflection carried on the traditional areas of Archives and Libraries, their practical activities and theoretical approaches, and on the different pathways followed, with a special focus on preservation function. It includes a diachronic approach to the historical and informational process developed around the mindfact and the artefact, analysing and systematizing the ways of seeing, thinking and acting in preservation and conservation along time, as well identifying the behaviours, the problems and the challenges created by the digital environment and consequent search for solutions in the scope of the designated "digital preservation", as mapped with the analysis of six hundred sixty five programs and projects related with this field and developed in eighteen countries, during the last ten years. Having as starting point a theoretical model that assumes a systemic, holistic and complex thinking and has its epistemological foundations in the scientific area of Information Science, the results analysis reinforce the proposal of a paradigm shift based on an informational and scientific approach which constitutes the fundamental theoretical basis that will support discussion of concepts and models and the process of "knowledge management".
Description: Apresentamos neste artigo uma perspectiva portuguesa da gestão da informação, com um especial enfoque no "meio digital", baseada na investigação e reflexão desenvolvida em torno da actividade prática e da sustentabilidade teórica das áreas tradicionalmente identificadas como dos Arquivos e das Bibliotecas, bem como nos diferentes percursos trilhados, com uma atenção particular no que respeita à função "preservação". Com base na análise diacrónica do processo histórico e informacional desenvolvido em torno do mentefacto e do artefacto, sistematizamos formas de ver, pensar e agir em preservação e conservação, e identificamos os comportamentos, problemas e desafios colocados pelo "meio digital" e consequente procura de soluções no âmbito da designada "preservação digital", tal como constatado no levantamento e análise de 665 programas e projectos desenvolvidos nesta área, em 18 países, nos últimos 10 anos. Tendo como ponto de partida um modelo teórico que assume o pensamento sistémico, holístico e complexo, epistemologicamente alicerçado na área da Ciência da Informação, os resultados obtidos reforçam a proposta de uma mudança de paradigma baseada numa perspectiva informacional e científica que constitui a base teórica fundamental para suportar a discussão de conceitos, modelos e o próprio processo de "gestão do conhecimento".
Subject: Ciência da Informação, Gestão de Informação, Tecnologia da informação, Outras ciências sociais
Information science, Information management, Information technology, Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/25380
Source: IX CONGRESO ISKO-ESPAÑA, Valência, 2009 - Nuevas perspectivas para la difusión y organización del conocimiento : actas del congreso
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
73250.pdf650.75 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons