Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/18114
Author(s): Faro, Rute Santos de Castro Lopo e
Title: O Porto na Berlinda : memórias de Alberto Pimentel
Publisher: Porto : [Edição do Autor]
Issue Date: 2005
Abstract: O grande objectivo desta dissertação de mestrado é analisar a forma como pela memória, Alberto Pimentel colocou na sua obra o Porto na Berlinda. Na prossecução deste objectivo, debruçamo-nos, primeiramente, sobre a permanência da cidade na memória do escritor que, por sua vez, nos encaminha para a formulação da seguinte hipótese: a bibliografia que alberto Pimentel escreveu sobre o Porto Poder-se-á inserir no género memorialístico? Na análise desta hipótese temos em conta as seguintes linhas de orientação: a identificação textualque o próprio autor faz relativamente às obras que escreveu sobre o Porto e o respectivo confronto crítico com as obras propriamente ditas. Ao estabelecermos o Porto como lugar de memória na escrita do autor, pretendemos compreender a relação recíproca estabelecida entre o presente e o passado. Diante dos dois lados do espelho da memória, o presente e o passado, o autor recorda os rostos , os nomes, o sentir e o pensar de lembranças saudosas de outro tempo. Portanto, ao analisar as longas páginas que nos deixou, acompanharemos o autor quer pelos quadros mentais e físicos que, ao correr da pena, esboçou, quer pelos sentimentos múltiplos e dúplices que o Porto, enquanto lugar de memória, lhe despertou. Ao analisar a multiplicidade e duplicidade que o POrto inspirou no autor, teremos em conta o facto de a Invicta surgir, ora contemplada através da recordação de cunho testemunhal, ora elogiada e valorizada pelas suas particularidades etnográficas ou, contrariamente, escalpelizada pelos comentários e críticas. No seguimento do estudo da memória e da experiência vivencial, como elementos impulsionadores presentes nas referências que Alberto Pimentel escreveu sobre o Porto, deter-nos-emos na importância que a História e a Literatura adquirem na elaboração dos quadros portuenses. Finalmente, salientando a figura do leitor no texto, analisaremos a implicação do mesmo no Porto escrito por Alb
URI: http://hdl.handle.net/10216/18114
Catalogue Link: http://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000159116
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FLM11901P000079405.pdf9.02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.