Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/18053
Author(s): Ribeiro, Ana Sofia Vieira
Title: Convívios difíceis : viver, sentir e pensar a violência no Porto de setecentos. (1750-1772)
Publisher: Porto : [Edição de Autor]
Issue Date: 2008
Abstract: A violência sempre foi um fenómeno inerente à vida humana, por isso abordá-la no passado implica o conhecimento das variáveis que a condicionam. Nesta dissertação quisemos comprovar que são os factores sociais (género, estado civil), económicos (ocupações) e culturais (códigos morais vigentes)os que mais condicionam as práticas violentas na região em estudo. Por outro lado, procurámos perceber se a acção do Estado, com uma crescente influência no quotidiano dos indivíduos, fruto de uma forma própria de governar durante a segunda metade do século, condicionaram as práticas de violência, nomeadamente através de alterações legislativas, organização judiciale práticas de vigilância. Quisemos ainda compreender se alguns factores conjunturais, como altas de preços, sublevações populares, maiores fluxos migratórios e crescimento demográfico, são determinantes para a evolução quantitativa e qualitativa da violência. Para isso, baseámo-nos num corpo documental constituído, maioritariamente, por escrituras de perdão de parte (pela ausência de processos judiciais para o período em estudo), legislação, correspondência da Intendência Geral da Polícia e do Ministério do Reino, além de outros fundos de origem municipal.
Subject: Violência - Porto (Portugal) - séc. 18
URI: http://hdl.handle.net/10216/18053
Catalogue Link: http://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000190952
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tesemestconviviosdificeis000065810.pdf2.79 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.