Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/15386
Author(s): Rui Jorge Garcia Ramos
Contributor(s): José Quintão
Title: Figura e Fundo: notas a propósito do Pavilhão Carlos Ramos
Issue Date: 2008
Description: A actividade de conhecer, no seu procedimento automático e quotidiano, contém necessariamente aspectos banais registados pela epistemologia, mas caracteriza-se igualmente por aspectos singulares e pessoais, considerados como uma das chaves da criação, ou seja, da produção de conhecimento. Este processo é observado por T. S. Eliot (1888-1965), tornando evidente que a criação literária não é, nem pode ser, um processo exclusivamente literário, nem tão pouco restrito ao campo da literatura. A construção do conhecimento é o processo pelo qual se é capaz de ser o receptáculo para a apreensão e acumulação de inúmeros saberes e circunstâncias de um tempo, imagens que aí permanecem até estarem presentes, em conjunto, todas as partículas susceptíveis de se unirem para formar um novo composto. Diversos autores, de T. S. Eliot a Fernando Távora (1923-2005), atentos aos mecanismos da criação e do seu significado para uma aguda consciência do tempo em que viveram, souberam explicar que é neste conhecimento onde germina a contemporaneidade. E esta só será alcançada como balanço e reinterpretação da tradição.
Subject: Arquitectura, Artes
Call Number: 46302
URI: http://hdl.handle.net/10216/15386
Source: O Pavilhão Carlos Ramos
Document Type: Capítulo ou Parte de Livro
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Capítulo ou Parte de Livro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
46302.pdf705.7 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons