Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/132238
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorTânia Karina Inglês Bravo da Rosa
dc.date.accessioned2021-03-05T00:08:28Z-
dc.date.available2021-03-05T00:08:28Z-
dc.date.issued2020-12-18
dc.date.submitted2021-02-11
dc.identifier.othersigarra:442898
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10216/132238-
dc.descriptionOs diferentes contextos políticos em Angola contribuíram para a construção de uma nova identidade dinâmica e diversa: a identidade angolana, marcada pelos diversos grupos que a compõem. Esta identidade é também refletida no modo de habitar angolano. Sendo Angola um país multiétnico e multicultural, a dissertação apresenta entrevistas e inquéritos que refletem a diversidade de perceções em torno do tema. Apresenta-se também cinco casos de estudo de habitação unifamiliar que se apropriaram das construções do período colonial e das atuais sejam estas privadas ou estatais. Estes casos de estudo revelam que o angolano tem uma forma particular de usar os compartimentos da casa e de duplicar certos compartimentos no exterior, por exemplo, uma cozinha no interior e uma outra no exterior. O interessante é que uma não anula a outra, são independentes mas complementam-se. Isso implica que é necessário repensar a casa angolana e desenhá-la de formas a responder as verdadeiras necessidades de quem nela habita. Em suma, a vivência e o modo de habitar angolano são particulares, e devem ser levados em consideração nas futuras construções.
dc.description.abstractThe different political contexts in Angola contributed to the construction of a new dynamic and diverse identity - the Angolan identity, marked by the different groups that compose it. This identity is also reflected in the Angolan way of living. As Angola is a multi-ethnic and multicultural country, the dissertation presents considerations and surveys that reflect the diversity of perceptions around the theme. It also presents five case studies of singlefamily housing that appropriated buildings from the colonial period and the current ones whether private or government housing. These case studies reveal that Angolans have a particular way of using the rooms and duplicating certain rooms on the outside, for example, one kitchen indoors and one outdoors. The interesting thing is that one does not cancel the other, they are independent but complement each other. This implies that it is necessary to rethink the Angolan house and design it in ways that respond to the real needs of those who live in it. In short, the Angolan experience and way of living is particular, and must be taken into consideration in future constructions.
dc.language.isopor
dc.rightsopenAccess
dc.subjectArtes
dc.subjectArts
dc.titleEm Busca de Identidade após Descolonização. Um Olhar Sobre a Casa Angolana
dc.typeDissertação
dc.contributor.uportoFaculdade de Arquitectura
dc.identifier.tid202655482
dc.subject.fosHumanidades::Artes
dc.subject.fosHumanities::Arts
thesis.degree.disciplineMestrado Integrado em Arquitetura
thesis.degree.grantorFaculdade de Arquitectura
thesis.degree.grantorUniversidade do Porto
thesis.degree.level1
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
442898.pdfEm Busca da Identidade Após Descolonização: Um Olhar Sobre a Casa Angolana14.1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.