Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/131993
Author(s): Thais Olivieri Marcelli
Title: Preexistência, projeto e recepção pública: o processo de intervenção de David Chipperfield em espaços expositivos
Issue Date: 2020-12-21
Abstract: This dissertation focuses on the interventions conducted by the architect David Chipperfield in three exhibition spaces - Neues Museum (Berlin), Royal Academy of Arts (London) and Neue Nationalgalerie (Berlin) - with the aim of developing a deeper analysis of the entire process and not just the final result, as it is usual in investigations in architecture. The work addresses the following aspects i) pre-existence, ii) project and iii) and public reception of the work. This dissertation, therefore, values the entire trajectory of the intervention, from the study of its background and circumstances, to its implementation in the works and, finally, to the appropriation and reception by the public and users. The methodology is based on the crossing of indirect sources - textual, graphic, oral, etc. - with direct sources - visits, observation and on-site study of buildings. The work aims to deepen the knowledge about intervention in the built-environment, including a note prior to the English and German contexts, which frames the selected works. It is proposed a particular development on three works of international reference so that one can better understand the work involved and disseminate recent good rehabilitation practices that are still little known in Portugal, as well as their reception and public perception. This last aspect, which is particularly relevant in spaces with a large influx of visitors and is generally overlooked in architectural works, is one of the main contributions of this dissertation, being addressed through the analysis of social media and social networks. As a result of the research carried out, we understand how the specific circumstances of pre-existence, context and design determined different approaches to the new-old relationship in David Chipperfield's interventions: i) at the Neues Museum in Berlin, the preservation of palimpsest and tragic memory from the bombings of the Second World War, they mark the option of freezing the ruin and introducing new additions through an analogical intervention; ii) at the Royal Academy of Arts, in London, the markedly contemporary intervention in the connection of its two buildings and the spatial, functional and infrastructural updating of the interior spaces; iii) the Neue Nationalgalerie, in Berlin, is an interesting case of restoring the modern whose minimal intervention intends to solve structural problems and adapt to functional requirements and contemporary comfort. In the three cases analysed, we highlight the preservation of heritage values in presence and adaptation to new functional, spatial, constructive and infrastructural requirements, as well as a great sensitivity of the architect in relation to pre-existence, validated by a high and positive reception by the public - both in tangible and intangible attributes - thus ensuring their appropriation and transmission to future generations.
Description: A presente dissertação incide sobre as intervenções conduzidas pelo arquiteto David Chipperfield em três espaços expositivos o Neues Museum e a Neue Nationalgalerie, ambos em Berlim, e a Royal Academy of Arts, em Londres. O trabalho aborda as seguintes vertentes i) preexistência, ii) projeto e iii) e recepção pública da obra. Esta dissertação valoriza, portanto, toda a trajetória da intervenção, desde o estudo dos seus antecedentes e circunstâncias, até a sua concretização em obra e, por fim, à apropriação e recepção pelo público e utilizadores. A metodologia apoia-se no cruzamento de fontes indiretas - textuais, gráficas, orais, etc - com fontes diretas - a visita, observação e o estudo in loco dos edifícios. O trabalho tem como objetivo aprofundar o conhecimento sobre a intervenção no construído incluindo uma nota prévia aos contextos inglês e alemão, que enquadra as obras selecionas. Propõe-se um desenvolvimento particular sobre três obras de referência internacional para que se possa melhor compreender o trabalho (des)envolvido e disseminar boas práticas de reabilitação recentes ainda pouco divulgadas em Portugal, assim como a sua recepção e percepção pública. Este último aspecto, particularmente relevante em espaços com grande afluência de visitantes e geralmente esquecido nos trabalhos de arquitetura, é um dos principais contributos desta dissertação, sendo abordada através da análise dos meios de comunicação social e das redes sociais. Como resultados da investigação desenvolvida, compreendemos como as circunstâncias específicas da preexistência, do contexto e do projeto determinaram diferentes abordagens de relação novo-antigo nas intervenções de David Chipperfield: i) no Neues Museum, em Berlim, a preservação do palimpsesto e da memória trágica dos bombardeamentos da segunda grande guerra, marcam a opção de congelar a ruína e introduzir novos acrescentos através de uma intervenção analógica; ii) na Royal Academy of Arts, em Londres, a intervenção marcadamente contemporânea na conexão dos seus dois edifícios e atualização espacial, funcional e infraestrutural dos espaços interiores; iii) a Neue Nationalgalerie, em Berlim, é um caso interessante de restauro do moderno cuja intervenção mínima pretende resolver problemas estruturais e adaptar às exigências funcionais e do conforto contemporâneo. Nos três casos analisados, destaca-se a preservação dos valores patrimoniais em presença e adaptação às novas exigências funcionais, espaciais, construtivas e infraestruturais, assim como uma grande sensibilidade do arquiteto na relação com a preexistência, validada por uma elevada e positiva recepção pelo público - tanto nos atributos tangíveis como nos intangíveis - garantindo assim a sua apropriação e transmissão às gerações futuras.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 202632130
URI: https://hdl.handle.net/10216/131993
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
441580.pdfPreexistência, projeto e recepção pública: o processo de intervenção de David Chipperfield em espaços expositivos111.93 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.