Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/131977
Author(s): Diana Cristina de Sousa Nunes
Title: João Mendes Ribeiro. Uma arquitectura rigorosa, precisa e subtil
Issue Date: 2020-12-18
Abstract: In his professional practice, João Mendes Ribeiro has reached recognition and notoriety from a specially strict working process, that evolves and persists with the search for the essential, in each one of the proposals that he develops, either in the field of architecture, scenography or expositive project. This dissertation develops from the process of investigation and reflection around this architect, specifically around his creative process, the building of ideas, naming the principles that are behind it and naming the multiple references and authors who, from Architecture and from other disciplinary fields, contaminate his way of seeing, thinking and doing architecture. In a first moment, nominated as Principles, it is the presentation of a biographic narrative of JMR with which we try to adjust his course, specifically his scholar formation and action in the field of Architecture and the main references are made evident, and from these references we may identify the existence of the "traffic" ideas and contaminations, designately around the three key themes. We are talking about minimalism or essentiality in architecture, the connection between space and light and the intervention in the pre-existing buildings of known patrimonial value. In a second moment, designated as Domains, it was developed a study around each one of the three ways of acting of the architect, Scenography, Expositive project and Architecture, considering his interest for different artistical fields, but at the same time considering the opportunity to experiment that as opened and contributed to the richness of his working process and of his work. Thus, starting with the understanding of the contaminations between architecture and scenography, designately the architectonic themes that are transported into the stage and the understanding of the scenic space as an architectonic announcement, we evolve to a study and reflection around architecture and its expositive proposals, establishing connections too with a variety of objects that were conceived specifically in the field of scenography, as well as, around the process of conceiving of the form in the connection with the structural principle that is behind it. To conclude, we will reflect around the foundational connection of the Architecture in general and around the work of JMR in specific, relation between Body and Space. Finally, the third moment, designated as Experience, that is based on the visits to a group of buildings previously selected, the Centro de Artes Visuais, the Casa da Escrita and Arquipélago, the Centro de Artes Contemporâneas, and we try to understand his way of seeing, thinking and doing architecture and identifying the dialogues established between the different fields of action and their constants, designately the group of key concepts that we constantly identify in his work and that characterize it and make it so peculiar. Thus, from the Principles, Domains and Experience we conclude highlighting a group of permanent themes in his work, such as open plant, reversibility, box as container, the connection front and back and vice versa or autonomy of objects, with which we try to contribute with a sense of deepening the knowledge about the work and though of João Mendes Ribeiro.
Description: No exercício da sua prática profissional, João Mendes Ribeiro (JMR) tem alcançado notoriedade e reconhecimento a partir de um processo de trabalho particularmente rigoroso, que progride e persiste em torno de uma constante procura pelo essencial, em cada uma das propostas que desenvolve, quer seja no campo da arquitetura, da cenografia ou do projeto expositivo. A presente dissertação desenvolve-se a partir de um processo de investigação e reflexão em torno da obra deste arquiteto, nomeadamente do seu processo criativo, de construção das ideias, evocando os princípios que lhe estão subjacentes e convocando as múltiplas referências e os autores que, a partir da Arquitetura e de outros campos disciplinares, contaminam o seu modo de ver, pensar e fazer arquitetura. Num primeiro momento, designado Princípios, apresenta-se uma narrativa biográfica de JMR com a qual se procura enquadrar o seu percurso, designadamente a sua formação e ação no campo disciplinar da Arquitetura, e se colocam em evidência aquelas que se considera serem as principais referências, a partir das quais se pode identificar a existência de 'tráfego' de ideias e contaminações, designadamente em torno de três temáticas chave. Referimo-nos ao minimalismo ou essencialidade na arquitetura, a relação entre espaço e luz e a intervenção no edificado pré-existente, de reconhecido valor patrimonial. Num segundo momento, designado Domínios, desenvolveu-se um estudo em torno de cada uma das três vertentes de atuação do arquiteto, Cenografia, Projeto Expositivo e Arquitetura, tendo em conta o seu interesse por diferentes campos artísticos, mas também pela oportunidade de experimentação que se abriu e contribuiu decisivamente para o enriquecimento do seu processo de trabalho e da obra produzida. Assim, partindo da compreensão das contaminações entre a arquitetura e a cenografia, designadamente dos temas arquitetónicos que se transportam para o palco e da compreensão do espaço cénico como enunciado arquitetónico, progredimos para um estudo e reflexão em torno da arquitetura e das suas propostas expositivas, estabelecendo também relações com um conjunto de objetos concebidos especificamente no campo da cenografia, assim como, em torno do processo de conceção da forma na relação com o princípio estrutural que lhe está subjacente. Concluímos, refletindo em torno da relação fundacional da Arquitetura em geral e da obra de JMR em particular, a relação do Corpo no Espaço. Por fim, no terceiro momento, designado Experiência, com base nas visitas realizadas a um conjunto de obras previamente selecionadas, o Centro de Artes Visuais, a Casa da Escrita e o Arquipélago, Centro de Artes Contemporâneas, procuramos compreender o seu modo de ver, pensar e fazer arquitetura, e identificar os diálogos estabelecidos entre os diferentes campos de ação e as constantes, designadamente, o conjunto de conceitos chave, que recorrentemente identificamos na sua obra e que a caracterizam e a tornam tão singular. Assim, a partir dos Princípios, dos Domínios e da Experiência, concluímos evidenciando um conjunto de temas permanentes na sua obra, tais como a Planta aberta, a Reversibilidade, a Caixa como Contentor, a relação Frente e Verso e vice-versa, ou a Autonomia dos objetos., com os quais procuramos dar um contributo no sentido do aprofundamento do conhecimento sobre a obra e pensamento de João Mendes Ribeiro.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 202631052
URI: https://hdl.handle.net/10216/131977
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
441418.pdfJoão Mendes Ribeiro. Uma arquitectura rigorosa, precisa e subtil64.32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.