Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/131853
Author(s): Ricardo Sant'Anna Alves Barroso
Title: O exercício físico como instrumento convencional no tratamento e prevenção da doença de Parkinson
Issue Date: 2020-12-18
Abstract: This work aimed to discuss the role of physical exercise for individuals affected by Parkinson's disease, in order to resize the approach taken so far by the scientific community and by professionals who work with this audience. This study had two objectives 1) to present evidence that physical exercise should be seen as a conventional instrument for the prevention and treatment of Parkinson's disease; 2) present a 12-week multicomponent training protocol exclusively for individuals with Parkinson's. In the first part of the work, a bibliographic review was carried out in order to support the theory that physical exercise should be a conventional treatment, in addition to this, it should be the first treatment made available to patients since it provides benefits in motor and non-motor symptoms, in the quality of life and has an important role in protecting parkinson's as it generates neuroprotection and does not produce any adverse side effect. In the second part we present a multicomponent training protocol that aimed to positively impact the levels of physical fitness, physical activity and quality of life of patients. It was possible to observe, through the records in the field diaries of the researchers / observers and participants of the physical exercise sessions, the evolution of the classes and of the participants and the positive changes that the protocol was able to generate for those who participated in the + VidaParkinson project.
Description: Este trabalho se propôs a discutir o papel do exercício físico para indivíduos acometidos pela doença de Parkinson, com o objetivo de redimensionar a abordagem realizada até o momento pela comunidade científica e por profissionais que trabalham com este público. Este estudo teve dois objetivos 1) apresentar evidências de que o exercício físico deve ser encarado como um instrumento convencional à prevenção e ao tratamento da doença de Parkinson; 2) apresentar um protocolo de 12 semanas de treinamento multicomponente exclusivo para indivíduos com Parkinson. Na primeira parte do trabalho foi realizado uma revisão bibliográfica a fim de fundamentar e sustentar a teoria de que o exercício físico deve ser um tratamento convencional, para além disto, deve ser o primeiro tratamento disponibilizado para os doentes uma vez que ele proporciona benefícios nos sintomas motores, não motores, na qualidade de vida e tem papel importante na proteção ao parkinson, gera neuroproteção e não produz nenhum efeito colateral adverso. Na segunda parte apresentamos um protocolo de treinamento multicomponente que teve como objetivo impactar positivamente os níveis de aptidão física, de atividade física e na qualidade de vida dos doentes. Foi possível notar, através dos registos nos diários de campo dos investigadores/observadores e participantes das sessões de exercício físico, a evolução das aulas e dos participantes e as mudanças positivas que o protocolo foi capaz de gerar para quem participou do projeto +VidaParkinson.
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 202635740
URI: https://hdl.handle.net/10216/131853
Document Type: Dissertação
Rights: embargoedAccess
Embargo End Date: 2021-12-17
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
440078.pdf
  Restricted Access
O exercício físico como instrumento convencional no tratamento e prevenção da doença de Parkinson521.38 kBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.